Automedicação em adultos

o risco envolvido, fatores predisponentes e como amenizar esse hábito

Autores

  • Lorran Augusto Amaro da Silva Unifoa
  • Álvaro Carvalho Rocha Unifoa
  • José Roberto Barroso Arantes

DOI:

https://doi.org/10.47385/interfaces..4624.3.2024

Palavras-chave:

adultos, automedicação

Resumo

A automedicação é um mal enraizado na sociedade brasileira e acontece por diversos fatores: falta de serviço público adequado, rotina em grandes capitais, falta de informação sobre os malefícios causados, livre acesso a informações na internet e alto número de farmácias que precisam lucrar. Dentro desse trabalho buscamos em artigos já publicados e em sites relacionados a saúde entender como isso prejudica a sociedade atual e como podemos atuar para diminuir essa prática. Além disso, buscamos entender como a automedicação afetou a sociedade no período de pandemia e como a internet pode disseminar informações falsas. Dentro desses objetivos tivemos a constatação que o perfil socioeconômico está diretamente ligado a automedicação, além disso o estresse e a rotina influenciam no hábito e a maioria das pessoas que fazem uso de medicamentos sem receita tem entre 25-35 anos, confirmando o ponto abordado acima. Para finalizar, acreditamos que a união entre órgãos do governo pode ajudar e amenizar esse hábito, junto com propagandas expondo os riscos para a população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARRAIS, Paulo Sérgio D. et al. Perfil da automedicação no Brasil. Revista de Saúde Pública. Journal Of Public Health. São Paulo, v.31, n 1. 1997. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/rsp/a/yMXnDgvKwzmqB7VcyYLJJcT/?format=pdf&lang=pt>. Acesso em: 27 set. 2021.

ARRAIS, Paulo Sérgio Dourado et al. Prevalence of self-medication in Brazil and associated factors. Revista de Saúde Pública. São Paulo, v. 50, n 13. 2016. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/rsp/a/PNCVwkVMbZYwHvKN9b4ZxRh/?format=html>. Acesso em: 27 set.2021.

BARROS, Guilherme Antonio Moreira de et al. Uso de analgésicos e o risco da automedicação em amostra de população urbana: estudo transversal. Revista Brasileira de Anestesiologia. São Paulo, v. 69, n 6. 2019. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/rba/a/DyZDfz5z3XkzNrV3GGfnjRg/?lang=pt>. Acesso em: 27 set. 2021.

CENTRO DE INFORMAÇÃO DE MEDICAMENTOS. Uso indiscriminado de medicamentos e automedicação no brasil. 2020. Disponível em: <https://www.ufpb.br/cim/contents/menu/publicacoes/cimforma/uso-indiscriminado-de-medicamentos-e-automedicacao-no-brasil>. Acesso em: 16 mai. 2023.

COPASS. Os riscos da automedicação aumentaram com a pandemia. 2021. Disponível em: <https://copass-saude.com.br/posts/os-riscos-da-automedicacao-aumentaram-com-a-pandemia>. Acesso em: 16 mai. 2023.

CORREIA, Bruna de Carvalho et al. Fatores correlacionados a automedicação entre os jovens e adultos: uma revisão integrativa da literatura. Revista de Iniciação Científica e Extensão. Goiás, v. 2, n 1. 2019. Disponível em: <https://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/iniciacao-cientifica/article/view/143>. Acesso em 27 set. 2021.

DOMINGUES, Paulo Henrique Faria et al. Prevalência e fatores associados à automedicação em adultos no Distrito Federal: estudo transversal de base populacional. Epidemiologia e Serviços de Saúde. Brasília, v. 26, n 2. 2017. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/ress/a/FD7s5rP6RwrhLqLVBThgGQR/?lang=pt>. Acesso em: 27 set.2021.

FILLER, Luiz Nilson et al. Caracterização de uma amostra de jovens e adultos em relação à prática de automedicação. Revista Psicologia e Saúde em Debate. Minas Gerais, v. 6, n 2.2020. Disponível em: <http://psicodebate.dpgpsifpm.com.br/index.php/periodico/article/view/V6N2A27>. Acesso em: 27 set. 2021.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Anvisa alerta para riscos do uso indiscriminado de medicamentos. 2022. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2021/anvisa-alerta-para-riscos-do-uso-indiscriminado-de-medicamentos>. Acesso em: 16 mai. 2023.

PFIZER. Os riscos da automedicação. 2020. Disponível em: <https://www.pfizer.com.br/noticias/ultimas-noticias/os-riscos-da-automedicacao>. Acesso em: 16 mai. 2023.

ABDELWAHED, Rawan N. K.; JASSEM, Manaf ; ALYOUSBASHI, Ayham. Self-Medication Practices, Prevalence, and Associated Factors among Syrian Adult Patients: A Cross-Sectional Study. Journal of Environmental and Public Health, v. 2022, p. 1–7, 2022.

ANSARI, Mukhtar; ALANAZI, Abdulrahman ; MOIN, Afrasim. Consumers’ awareness, attitude and associated factors towards self-medication in Hail, Saudi Arabia. PLOS ONE, v. 15, n. 4, p. e0232322, 2020.

Downloads

Publicado

2024-05-08

Edição

Seção

Artigo Original