Fatores que levam os surdos a fazerem o “Turnover” nas empresas de grande porte do Sul Fluminense Reasons that lead the deaf to form the “Turnover” in large companies in the southeast of Rio de Janeiro State

Bruna Viana de Abreu Gonçalves, Douglas Baltazar Gonçalves, Ivanete da Rosa Silva de Oliveira

Resumo


A rotatividade de empregados em uma organização é prejudicial tanto para a empresa como para o trabalhador e quando extrapola os limites da normalidade é chamado de turnover. A mudança dos funcionários gera prejuízos de capital intelectual e financeiros para as organizações. Este artigo procura destacar que o turnover acontece, na maioria das vezes, com funcionários deficientes que, por diversos fatores geram ações de remanejamento de pessoal, por isso, é essencial que ocorra o treinamento para a inclusão do deficiente no mercado de trabalho. O presente trabalho apresentará os fatores que levam os surdos a fazerem turnover nas empresas de grande porte da região Sul Fluminense.

Palavras-chave


Turnover Deaf Job Market Deficient

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério do Emprego e do Trabalho. Lei 8112 de 11 de dezembro de 1990. Legislação relativa ao trabalho de pessoas portadoras de deficiência: coletânea. Brasília: MTE, SIT/DSST, 1999c.

BRASIL. Ministério do Emprego e do Trabalho. Lei 8213 de 24 de julho de 1991. Legislação relativa ao trabalho de pessoas portadoras de deficiência: coletânea. Brasília: MTE, SIT/DSST, 1999d.

CLEMENTE, C. A; CELESTINI, E. C. Trabalhando com a diferença: responsabilidade social e inclusão de portadores de deficiência. São Paulo: Espaço da Cidadania, 2004.

_______. Trabalho e inclusão social de portadores de deficiência. 1. ed. Osasco: Gráfica e Editora Peres, 2003.

EMPRESAS DEFICIENTES PARA A INCLUSÃO. Disponível em: http://www.rhcentral.com.br/pen/pen.asp?cod_materia=3819 Acessado em: 05/08/2010

GRAEFF, Talita Diane. A relação do surdo com o mercado de trabalho. Revista Conexão UEPG, v. 2, p. 23-28, 2006.

IBGE. Censo demográfico 2000: resultados preliminares. Rio de Janeiro, 2000. 156 p. Tab. Graf. Mapas. Inclui 1 CD-ROM.

OLIVEIRA, Pedro; CASTRO, Fernanda; RIBEIRO, Almeida. Surdez infantil. Revista Brás Otorrinolaringol: 2002.

PASTORE, José. Oportunidade de trabalho para Portadores de Deficiência. São Paulo: Editora LTr. 2000.

REVISTA DA FENEIS. Rio de Janeiro: 1999 / 2002. Números 1 ao 13.

RIBEIRO, Mauro. Contratar um PPD (Profissional Portador de Deficiência?) s/d. Disponível em: http://www.institutomvc.com.br/costacurta/artmr01_ppd.htm Acessado em: 04.08.2010

ROBBINS, Stephen Paul. Fundamentos do comportamento organizacional. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

SÁ, Nídia Limeira de. Cultura, poder e educação de surdos. São Paulo: Paulinas, 2006.

SASSAKI, Romeu Kazumi. Inclusão: Construindo uma sociedade para todos. Rio de Janeiro: WVA, 1997.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Cadernos UniFOA



Cadernos UniFOA

Campus Três Poços - Av. Paulo Erlei A. Abrantes, 1325 - Três Poços
Prédio 3 - Sala 2 (Casarão)
Volta Redonda - RJ - CEP: 27240-560
Tel.: (24) 3340-8400 – Ramal: 8350

Indexado em:





  • Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.