Conflito Interpessoal em equipes de trabalho: O papel do líder como gerente das emoções do grupo.

Autores

  • Humberto Medrado Gomes Ferreira Professor Assistente do Curso de Graduação em Produção Cultural da Universidade Federal Fluminense Doutorando em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v5.n13.1019

Palavras-chave:

Gestão de Pessoas, Liderança, Conflito

Resumo

O propósito principal deste artigo é investigar o papel da liderança na administração de conflitos, objetivando analisar como este processo é percebido pelos colaboradores, e os impactos dessas atitudes para o desempenho organizacional. Primeiramente, revisam-se os fundamentos teóricos referentes ao tema; a seguir, demonstram-se os objetivos propostos pela pesquisa, assim como a metodologia utilizada. Finalmente, os resultados sugerem que a capacidade da liderança, enquanto gestor das emoções do grupo, é fator fundamental para o sucesso das organiza- ções e para a melhoria do relacionamento funcional, estando diretamente associada à capacidade do líder enquanto gestor organizacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BACAL, R. Organizational Conflict – The good, the bad, and the ugly. In: The Journal for Quality & Participation. EUA. 2004.

GOLEMAN, Daniel. Trabalhando com a inteligência Emocional. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

HERSEY, Paul ; BLANCHARD, Kenneth H.. Psicologia Para Administradores, São Paulo, Editora Pedagógica e Universitária Ltda., 1982.

JEHN, Karen. A Qualitative Analysis of Conflict Types and Dimensions in Organizational Groups. EUA: Setembro, 1997.

KIDA, THOMAS at al. The Influence of Affect on Managers Capital-Budgeting Decisions. In Contemporary Accounting Research. Canada, 2001.

PESCOSOLIDO,A. Emergent Leaders as Managers of Group Emotion. In The Leadership Quaterly. EUA, 2002.

PIROLA-MERLO, et al. How Leaders Inlfuence the impact os affective Events on Team Climate and Performance in R&D Teams. In The Leadership Quaterly. EUA, 2002.

ROBBINS, H; FINLEY, M. Por que as equipes não funcionam. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

Downloads

Publicado

03/27/2017

Como Citar

FERREIRA, H. M. G. Conflito Interpessoal em equipes de trabalho: O papel do líder como gerente das emoções do grupo. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 5, n. 13, p. 67–75, 2017. DOI: 10.47385/cadunifoa.v5.n13.1019. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/1019. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas e Humanas

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.