A semiologia médica no século XXI The medical semiology in the 21st century

Autores

  • Adriana Novaes Rodrigues Mestre em Ensino de Ciências da Saude - USP, Doutoranda em Ciencias da Saude - USP
  • Cleize Silveira Cunha Fisioterapeuta, Mestranda em Clínica Médica: Terapia Intensiva - UFRJ
  • Cristiane Silveira Cunha Mestre em Ensino em Ciências da Saúde – UniFOA, Docente do Curso de Medicina - UniFOA.
  • João Ozório R. Neto Doutor em Cirurgia Geral - UFRJ, Docente do Curso de Medicina - UniFOA
  • Mauro Tavares de Souza Centro Universitário de Volta Redonda, UniFOA

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v6.n15.1041

Palavras-chave:

Teaching-learning Semiology Medical Education

Resumo

Os autores analisam a importância da Semiologia Médica na formação profissional do médico para o século XXI. Verificam o abandono da propedêutica, o que prejudica enormemente a relação médico-paciente, pilar fundamental da formulação do diagnóstico clinico correto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BENSEÑOR, I.J.M. A semiologia no século XXI. Simpósio sobre ensino da semiologia. Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2006. Disponível em www.ufrj.br. Acessado em 16/09/2007.

PORTO, C.C. Exame Clínico. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan,1987.

RODRIGUES, Y.T. and RODRIGUES, P.P.B. Semiologia Pediátrica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003. 2ed.

Downloads

Publicado

2017-03-27

Edição

Seção

Ciências Biológicas e da Saúde

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)