Virtualidade e Computação: de Concepções Filosóficas a Práticas Educativas

Autores

  • Cilmar Santos de Castro Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ)

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n18.1091

Palavras-chave:

Virtual, Ensino, Tecnologias Educacionais

Resumo

Este artigo apresenta um estudo conceitual, oriundo de dissertação (Mestrado em Educação) do autor, sobre o constructo do Virtual, que parte da fundamentação filosófica até alcançar sua incorporação em ações educativas. O referencial teórico utilizado é pautado principalmente nas proposições do filósofo francês Pierre Lévy, extraindo elementos que possibilitem um entendimento mais profundo do que é o Virtual, em sua essência humana, o que vem a favorecer uma melhor apropriação de seu potencial. A partir da análise bibliográfica da obra de Lévy, o estudo gera, como principal resultado, o estabelecimento de quatro referenciais para identificação do conceito de Virtual, em sua ampla e complexa conotação humanista/tecnológica (ontogênese), o que favorece sua aplicação em diversos contextos educativos. Desta forma, permite que o conceito de virtualidade seja percebido além do mero artefato computacional, mas que com este amplia os horizontes cognitivos dos aprendentes do nosso mundo tecnológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CASTRO, Cilmar Santos de. O Virtual e o Ensino de Informática: Novas Configurações das Ecologias Cognitivas. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação e Saúde) – UniFOA, Volta Redonda, 2001.

______. O Ensino de Informática na FOA: Contextualização da Formação Acadêmica, Desafios e Rumos. 2000. Monografia (Formação de Docentes para o Ensino Superior) – Universidade Gama Filho, Volta Redonda, 2000.

COLL, César; MONEREO, Carles (org). Psicologia da Educação Virtual: Aprender e Ensinar com as Tecnologias da Informação e Comunicação. Porto Alegre: ArtMed, 2010.

JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2008.

KURZWEIL, Ray. A Era das Máquinas Espirituais. São Paulo: Aleph, 2007.

LEMOS, André; PALACIOS, Marcos. Janelas do Ciberespaço: Comunicação e Cibercultura. Porto Alegre: Sulina, 2001)

LÉVY, Pierre; LEMOS, André. O futuro da Internet: em Direção a uma Democracia Planetária. São Paulo: Paulus, 2010.

LÉVY, Pierre. A Conexão Planetária: o Mercado, o Ciberespaço, a Consciência. São Paulo: 34, 2001.

______. Cibercultura. São Paulo: 34, 1999.

______. O que é o Virtual ?. São Paulo: 34, 1996.

______. As Tecnologias da Inteligência: O Futuro do Pensamento na Era da Informática. São Paulo: 34, 1993.

MARTINS, Francisco Menezes; SILVA, Juremir Machado (orgs). A Genealogia do Virtual: Comunicação, Cultura e Tecnologias do Imaginário. Alegre: Sulina, 2004.

______; ______ (orgs). Para navegar no século XXI: Tecnologias do Imaginário e Cibercultura. Porto Alegre: Sulina / Edipucrs, 2000.

MOREIRA, Marco Antonio. Teorias de Aprendizagem. São Paulo: EPU, 2011.

PELLANDA, Nize Maria Campos; PELLANDA, Eduardo Campos. Ciberespaço: Um Hipertexto com Pierre Lévy. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 2000.

RUDIGER, Francisco. Introdução às Teorias da Cibercultura: Tecnocracia, Humanismo e Crítica no Pensamento Contemporâneo. Porto Alegre: Sulina, 2007.

TENÓRIO, Robinson Moreira. Cérebros e Computadores: A complementaridade analógico-digital na informática e na educação. São Paulo: Escrituras Editora, 1998.

TOFFLER, Alvin. Previsões e Premissas. Rio de Janeiro: Record, 1983.

Downloads

Publicado

2017-03-28

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas e Humanas

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.