Avaliação das propriedades de cerâmicas dentárias a base de zircônia estabilizada com ítria (ZrO2 -3%Y2 O3 )

Autores

  • Carolina Hartung Habibe Docente UniFOA do curso de odontologia, aluna do Mestrado em Materiais
  • Claudinei dos Santos Docente UniFOA do curso de odontologia, aluna do Mestrado em Materiais; Docente do UniFOA, no curso de Mestrado em Materiais.
  • Leandro Costa Aluno do curso de Odontologia do UniFOA, aluno de Iniciação Científica
  • Luiz Alberto dos Santos Aluno de Mestrado da USP-EEL
  • José Vitor Cândido de Souza Docente do UniFOA, no curso de Mestrado em Materiais

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v6.n1esp.1148

Palavras-chave:

Zircônia, Próteses, dentárias Translucidez, Propriedades mecânicas, Sinterização

Resumo

Neste trabalho, cerâmicas a base de zircônia estabilizada com ítria foram caracterizadas quanto as suas propriedades de interesse na área de odontologia. Blocos cerâmicos pré-sinterizados com 15x15x1mm, foram submetidos a sinterização, em temperaturas entre 1450 e 1600o C, com patamar de 2h. Os corpos sinterizados, foram submetidos a avaliação de densidade relativa, fases cristalinas, microestrutura resultante, dureza, tenacidade a fratura e resistência a fratura além de translucidez. Amostras sinterizadas a 1450o C apresentaram densidade relativa inferior a 92% e amostras sinterizadas em temperaturas superiores se aproximaram da densidade completa. As analises em MEV indicaram crescimento de grão em função do aumento da temperatura de sinterização. Medidas realizadas em luximetro indicaram que a passagem de luz é mais influenciada pela densificação que pelo crescimento de grão, e que há um efeito direto da temperatura com o aumento da translucidez. Dureza aumentou diretamente com o aumento da temperatura de sinterização e conseqüente densificação. Resistência a fratura e tenacidade sofreram redução em função do aumento do tamanho de grão, para amostras sinterizadas a 16000 C.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANUSAVICE, K. J., Phillips Materiais Dentários. 11a Ed. Rio de Janeiro, Elsevier Editora, 2005.

KELLY, J. R., DENRY, I., 2007, “Stabilized zirconia as a structural ceramic: An overview”’, Journal of Dentals Materials, doi:10.1016/j.dental.2007.05.005.

STEVENS R. An introduction to zirconia: zirconia and zirconia ceramics. 2nd ed. New York: Twickenham Magnesium Electrum; 1986.

STEVENS, R., Zirconia: second phase particle transformation toughening of ceramics. Trans Brit Ceram Soc, 80, p 81- 85, 1981.

SIMBA, B.G.. COSTA, L., FERREIRA, B. , SÁ, L.F.C., SANTOS, C., Protocolo de tratamentos térmicos visando recuperação da fase tetragonal em infraestruturas de próteses dentárias a base de ZrO2 (3-Y2 O3 ) para fresagem em sistemas CAD/CAM ou pantógrafos, 55 Congresso Brasileiro de Cerâmica, Porto de Galinhas-PE, 2011.

ASTM: C1327-99, “Standard test method for vickers indentation hardness of advanced ceramics”, pp. 1-8, 1999.

ASTM: C-1421-99, “Standard test method for determination of fracture toughness of advanced ceramics at ambient temperature”, pp. 1-32, 1999.

SILVA, C. P., SILVA, C.R.M., SANTOS, F. A., PALMEIRA, A. A. SANTOS, L. A., SANTOS C., ELIAS, C.N, Sinterização de cerâmicas nanoestruturadas a base de ZrO2 estabilziado com Y2 O3 para aplicações odontológicas em sistemas CAD/CAM, Congresso Brasileiro de Ciência e Engenharia de Materiais, CBECIMAT, 2008, Foz do Iguaçu.

MUKAEDA, L. E. , ROBIN, A., SANTOS, C., IZARIO FILHO, H. J., SALAZAR, R. F. TAGUCHI, S. P.. Estudo da degradação de cerâmicas de zircônia em saliva artificial. 6th Latin American Congress of Artificial Organs and Biomaterials, Gramado-RS, 2010.

Downloads

Publicado

29-03-2017

Como Citar

HABIBE, C. H.; SANTOS, C. dos; COSTA, L.; SANTOS, L. A. dos; SOUZA, J. V. C. de. Avaliação das propriedades de cerâmicas dentárias a base de zircônia estabilizada com ítria (ZrO2 -3%Y2 O3 ). Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 6, n. 1esp, p. 101–107, 2017. DOI: 10.47385/cadunifoa.v6.n1esp.1148. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/1148. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Especial Mestrado em Materiais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>