Perfil antropométrico e dietético de crianças de duas escolas públicas de Volta Redonda-RJ

Autores

  • Thalita Marfori Vidinha Cordeiro Discente do Curso de Nutrição do Centro Universitário de Volta Redonda-RJ
  • Margareth Lopes Galvão Saron Professora Doutora do Curso de Nutrição do Centro Universitário de Volta Redonda-RJ

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v6.n1esp.1224

Palavras-chave:

Crianças Avaliação Nutricional Hábitos Alimentares

Resumo

Este estudo visou avaliar o estado nutricional e dietético de crianças em duas escolas públicas de Volta Redonda-RJ. O estudo foi transversal, sendo realizado com 151 crianças, com faixa etária de 6 a 10 anos. Foi avaliado o estado nutricional (estatura/idade, peso/idade e Índice de Massa Corporal-IMC) e aplicado um questionário sócioeconômico e outro de freqüência alimentar. Os resultados mostraram que a maioria das crianças apresentou estatura adequada para a idade e apesar da maioria apresentar eutrofia referente ao peso por idade, houve presença de peso elevado e risco de baixo peso. Com relação ao IMC, as meninas (35,56%) apresentaram maior índice de excesso de peso em relação aos meninos (26,23%). A freqüência alimentar apontou elevado consumo de batata frita, bolo com cobertura e com recheio, e baixo consumo de salgados, leites, óleos, cereais, vegetais e carnes. Pode-se concluir que neste estudo o IMC foi o indicador antropométrico mais sensível para diagnosticar a prevalência de inadequação nutricional, sendo essa prevalência maior nas meninas. O consumo alimentar destas crianças está inadequado devido à baixa ingestão de alguns grupos alimentares importantes para o seu desenvolvimento e crescimento adequado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CAGLIARI, M. P. P.; PAIVA, A. A.; QUEIROZ, D.; ARAUJO, E. S. Consumo alimentar, antropometria e morbidade em pré-escolares de creches públicas de Campina Grande, Paraíba. Nutrire São Paulo, 34 (1):29-43, 2009.

CAMPOS, J.A.D.B.; ZUANON, A.C.C. Merenda escolar e promoção de saúde. Ciência Odontol. Bras., v.7, n.3, p.67- 71, 2004.

CAVALCANTE, A. A. M; TINÔCO, A. L. A; COTTA, R. M. M; RIBEIRO, R. C. L; PEREIRA, C. A. S; FRANCESCHINI, S. C. C. Consumo alimentar e estado nutricional de crianças atendidas em serviços públicos de saúde do município de Viçosa, Minas Gerais. Rev. Nutr. Campinas, 19 (3), p. 321-330, mai/jun. 2006.

Centers For Disease Control and Prevention and National Center For Health Statistics. 2000 CDC growth charts: United States. Disponível em: http:// www.cdc.gov/growthcharts. Acessado em: 15 set 2010.

FIATES, G. M. R; AMBONI, R. D. M. C.; TEIXEIRA, E. Comportamento consumidor, hábitos alimentares e consumo de televisão por escolares de Florianópolis. Rev. Nutr. Campinas, 21 (1), p. 105-114, jan./fev. 2008.

. FISBERG, Regina et al. Inquéritos alimentares: métodos e bases científicos. 1 ed. Editora Manole: 2005. p. 334.

GIUGLIANO, R; MELO, A. L. P. Diagnóstico de sobrepeso e obesidade em escolares: utilização do índice de massa corporal segundo padrão internacional. J. Pediatr. (Rio J.) Porto Alegre, 80 (2), p. 129-134, mar./abr. 2004.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Educação e Trabalho. Disponível em: ftp://ftp.ibge.gov.br/Trabalho_e_ Rendimento/Educacao_e_Trabalho. 2001a. Acesso em 05/10/201

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Trabalho e rendimento. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/ home/estatistica/populacao/censo2000/ trabalhorendimento/tabrendbr121.pdf. 2000b. Acesso em 05/10/10.

KOCH, K. M. M; OLIVEIRA, A. L. G. Avaliação antropométrica e educação nutricional para promoção de saúde em escolares. NUTRIR GERAIS – Revista Digital de Nutrição – Ipatinga, UnilesteMG, 2 (3), p. 1 -16, ago./dez. 2008.

MACHADO, C. C. B; LUCAS, A; PIMENTEL, A. O. L; AZEVEDO, D. O; SILVA, G. G; SILVA, N. S. R; DINIZ, T. L. F; ROSA, V. M. Avaliação antropométrica de crianças de uma creche de trindade, Goiás. Vita Sanitas, Trindade/Go, 2 (2), p.43-51, jan./dez. 2008.

MORCILLO, A.M.; MARINI, S.H.V.L. SISCRES - Sistema para análise de dados de crescimento. 2003.

PINHO, C. P. S; SILVA, J. E. M; SILVA, A. C. G; ARAÚJO, N. N. A; FERNANDES, C. E; PINTO, F. C. L. Avaliação antropométrica de crianças em creches do município de Bezerros, PE. Rev. Paul. Pediatr. São Paulo, 28 (3), p.315- 321, set. 2010.

RIVERA, F. S. R; SOUZA, E. M. T. Consumo alimentar de escolares em uma escola rural. Comum Ciênc. Saúde. 17 (2), p. 111-119. 2006.

SANTOS, J. S; COSTA, M. C. O; NASCIMENTO SOBRINHO, C. L; SILVA, M. C. M; SOUZA, K. E. P; MELO, B. O. Perfil antropométrico e consumo alimentar de adolescentes de Teixeira de Freitas – Bahia. Rev. Nutr. Campinas, 18 (5), p. 623-632, set./out. 2005.

SILVEIRA, C. R. M. Evolução do estado nutricional dos pacientes internados na unidade pediátrica do hospital de clínicas de Porto Alegre. 2007. 110 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

SOARES, N. T.. Um novo referencial antropométrico de crescimento: significados e implicações. Rev. Nutr. Campinas, 16(1), p. 93-104, jan./mar. 2003.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Manual de orientação para a alimentação do lactente, do pré-escolar, do escolar, do adolescente e na escola/Sociedade Brasileira de Pediatria. Departamento de Nutrologia. – 2. ed. – São Paulo: SBP, 2008. p. 120.

TUMA, R. C. F. B; COSTA, T. H. M; SCHMITZ, B. A. S. Avaliação antropométrica e dietética de pré-escolares em três creches de Brasília, Distrito Federal. Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. Recife, 5 (4), p. 416-428, out./dez. 2005.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Physical Status: the use and interpretation of anthropometry- Report of a WHO Expert Commit-tee. Geneva; 1995.

Downloads

Publicado

05-04-2017

Como Citar

CORDEIRO, Thalita Marfori Vidinha; SARON, Margareth Lopes Galvão. Perfil antropométrico e dietético de crianças de duas escolas públicas de Volta Redonda-RJ. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 6, n. 1esp, p. 81–88, 2017. DOI: 10.47385/cadunifoa.v6.n1esp.1224. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/1224. Acesso em: 24 maio. 2024.

Edição

Seção

Especial Nutrição

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>