Efeitos do treinamento de força em crianças praticantes de esportes de combate

Autores

  • Rodrigo Rodrigues da Conceição Centro Universitário de Volta Redonda – UniFOA

Palavras-chave:

Treinamento de força, crianças, percentual de gordura, força máxima

Resumo

A popularização do treinamento de resistência entre pré adolescentes e adolescentes tem aumentado e a aceitação do treinamento de força por organizações profissionais tem se tornado universal, apesar de muitos autores e instituições nos mostra a importância do mesmo ainda existe alguns preconceitos com relação ao mesmo, isto posto o objetivo deste estudo foi avaliar o ganho de força e modificações na composição corporal em crianças de 08 a 10 anos de idade submetidos a 16 semanas de treinamento de força. Em nossa amostra foram utilizadas 06 crianças do sexo masculino praticantes de esportes de Combate, onde avaliamos o peso corporal, o percentual de gordura e a força máxima, As crianças antes do treinamento de força apresentavam media de 36,16+3,21 kg de massa corporal, 14,42+4,33 de %G e no teste de uma repetição máxima (1RM) 14,37+3,67 kg na cadeira extensora. Após o período de treinamento os valores médios mudaram para 36,00+2,97 kg de massa corporal, 14,53+3,27de %G e 20,67+3,56 kg no teste de carga máxima, assim considerando que o trabalho de força aplicado para crianças foi eficaz, promovendo ganhos de força e discreta redução do percentual de gordura e conservação da massa corporal, não se mostrando perigoso a integridade física das crianças.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

18-07-2018

Como Citar

CONCEIÇÃO, Rodrigo Rodrigues da. Efeitos do treinamento de força em crianças praticantes de esportes de combate. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 5, n. 1 Esp, p. 12, 2018. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/1635. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Especial Educação Física

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.