Evidências sobre a influência do cuidado de enfermagem na prevenção da infecção puerperal no Brasil

Autores

  • B. A. T. Rocha INESP – Instituto Nacional de Ensino Superior e Pesquisa
  • A. T. Fernandes INESP – Instituto Nacional de Ensino Superior e Pesquisa

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.1850

Palavras-chave:

infecção puerperal, prevenção, enfermagem

Resumo

Este estudo teve como objeto produções de enfermeiros sobre prevenção da infecção puerperal, referentes ao período de 2001 a 2011. Os objetivos deste estudo foram: Realizar um levantamento de produções de enfermeiros brasileiros que abordem a temática infecção puerperal e prevenção através dos cuidados da enfermagem, caracterizar, apontando os principais aspectos encontrados e destacados nessas produções. Estudo quanti-qualitativo e exploratório. O levantamento bibliográfico foi realizado no banco de dados: Banco de Dados de Enfermagem (BDENF), Literatura Latino Americana e Do caribe de Informação em Ciências e Saúde (LILACS), Sistema Scientific Eletronic Library On-line (SCIELO) e revistas de enfermagem indexadas, acessados através do BIREME. Respeitados os critérios de exclusão, foram selecionadas 2 produções científicas. Nenhuma temática apresentou prevalência, sendo encontrados as temáticas “Prevenção e controle” e “Causas”. À título de conclusão pôde-se perceber que o enfermeiro brasileiro produziu pouco material científico a respeito do tema infecção puerperal e de sua prevenção no período de 2001 a 2011, mesmo sendo considerada a quarta maior causa de morte materna no Brasil. Feito o referencial teórico deste trabalho de conclusão de curso, entendeu-se que a leitura de produções feitas por outros profissionais também são de relevância para adquirir conhecimento do assunto em questão. Mesmo a produção científica de enfermeiros sobre a temática abordada neste artigo sendo baixa, o material encontrado foi de grande relevância para este estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30