Estudo da viabilidade econômica de utilização de hidratos como fontes alternativas de energia

Autores

  • A. C. G. Machado UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • F. P. Vitoretti UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.2140

Palavras-chave:

hidrato, metano, energia, viabilidade

Resumo

O hidrato é um composto formado por moléculas gasosas, sendo o mais frequentemente encontrado, o metano, encapsulado em uma estrutura de água congelada. Ao comparar com os demais combustíveis fósseis, o hidrato de gás representa o maior recurso energético do planeta e produz mais energia gerando menos CO2. O gás tende a se formar em locais com quantidades suficientes de água e metano devido à baixa temperatura e elevada pressão. As reservas de hidrato ocorrem principalmente no fundo dos oceanos, sua formação e estabilidade dependem de três variáveis, concentração do gás, temperatura e pressão. A partir de pesquisas levantadas sobre o hidrato, foi possível observar um aumento de interesse pelo assunto devido ao vasto volume de produção submarinho, ao crescimento do mercado para o metano e a presença do composto em alguns países com poucos combustíveis fosseis convencionais. Uma queda na produção do petróleo levara a uma demanda maior pelo gás natural, o que também acarretara na diminuição da oferta deste produto, viabilizando econômica e comercialmente o hidrato como fonte de energia. Deste modo, o objetivo deste trabalho é desenvolver um estudo detalhado sobre a utilização deste hidrato de gás como fonte alternativa de energia, estimando o potencial crescimento científico e tecnológico, analisando a viabilidade econômica do processo. Os resultados das pesquisas serão apresentados graficamente para uma eventual justificativa de o hidrato ser ou não economicamente viável como fonte de energia alternativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30