O espaço da dança na/da escola: espetáculo ou educação?

Autores

  • C. O. Santos UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • A. M. Oliveira UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • M. P. Alves UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.2228

Palavras-chave:

dança, escola, educação, espetáculo

Resumo

O presente trabalho busca como centralidade os aspectos relacionados à dança e as suas possibilidades de manifestação no cotidiano escolar, mais especificamente, no debate relacionado a dança como uma forma de espetáculo, onde é concebida como um fim e na dança concebida como um processo educativo já que o movimento é um meio de educação. Nesse sentido, o estudo procurou trazer para o centro da discussão as diversas concepções de dança, o que a torna um campo múltiplo e de conceitos divergentes (NEVES apud RANGEL, 2002), o que nos levou a delimitar a concepção de dança como uma arte que se mostra como “o entendimento completo das possibilidades físicas do corpo humano, que permite exteriorizar um estado latente, pelos jogos dos músculos, segundo as leis naturais do ritmo e da estética” (ACHAR, 1998, p. 15). Diante das concepções de dança que foram encontradas, alguns questionamentos foram surgindo e nos movimentando durante o percurso de produção do referido trabalho: A dança contribui com a escola? A dança é um conteúdo possível de ser utilizado na escola? De que maneira a dança poderia contribuir com a do saber escolástico? Busca-se então discutir as tendências e as concepções do ensino da dança, propondo possíveis intervenções para a Educação Física Escolar. Dessa forma, a pesquisa optou pela metodologia de pesquisa bibliográfica exploratória que se caracteriza pela busca e compreensão dos fenômenos observáveis, descrevendo sua estrutura e funcionamento (CRUZ e RIBEIRO, 2004).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)