A importância da Serra do Pau-ferro para a manutenção das populações de Propyrrhura maracana (psitaciformes - psittacidade)

Autores

  • A. A. Cantizani IZMA - Instituto Zoobotânico de Morro Azul, Engenheiro Paulo de Frontin, RJ.
  • C. C. Torezani IZMA - Instituto Zoobotânico de Morro Azul, Engenheiro Paulo de Frontin, RJ.
  • A. R. Mendonça IZMA - Instituto Zoobotânico de Morro Azul, Engenheiro Paulo de Frontin, RJ.
  • H. F. Santos IZMA - Instituto Zoobotânico de Morro Azul, Engenheiro Paulo de Frontin, RJ.

Palavras-chave:

psitaciformes, Serra do Pau Ferro, Mata Atlântica

Resumo

A Serra do Pau Ferro é uma área de aproximadamente 4 mil hectares localizada no município de Engenheiro Paulo de Frontin, RJ, nas coordenadas 22°29`S e 43°34`W, com cobertura vegetal de Mata Atlântica secundária. Sua hidrografia tem grande importância como manancial hídrico contribuinte para a bacia do Rio Guandu. Esta área abriga grandes populações residentes de Propyrrhura maracana, Psitaciformes, psittacidae, espécie vulnerável (IUCN, 2003). A pesquisa de bionomia da espécie, desenvolvida de julho a setembro de 2008, utilizou o método de observações de campo feitas com binóculos Sakura 10X90X50 para localização de ninhos e identificação de itens alimentares. P. maracana tem preferência por nidificar em ocos de palmeiras e o estudo localizou dois ninhos instalados em Attalea dubia com DAP de 43cm e 38cm. Os itens alimentares identificados foram frutos de Melia azedarach, Eriobotrya japonica, Croton floribundus, Solanum leucodendron, Apuleia leiocarpa, Tabebuia chrysotricha , Cupania sp., Ficus sp. e néctar de Erythrina falcata e Spathodea campanulata. O estudo mostrou abundância na oferta de alimentos tanto nas áreas florestadas como em áreas antropizadas da serra. Muitos adensamentos nas populações de Attalea dubia nas áreas onde a mata foi suprimida e que está em processo de recuperação oferece muito recurso de nidificação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

04-02-2019

Como Citar

CANTIZANI, A. A.; TOREZANI, C. C.; MENDONÇA, A. R.; SANTOS, H. F. A importância da Serra do Pau-ferro para a manutenção das populações de Propyrrhura maracana (psitaciformes - psittacidade). Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 3, n. 1 esp, p. 10, 2019. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2663. Acesso em: 12 jul. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.