Assistência nutricional e avaliação da alimentação dos escolares

Autores

  • L. S. R. Costa UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • V. V. P. Sebastião UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • A. S. Neves UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • A. C. Esteves UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • C. A. Mello UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

Palavras-chave:

Assistência nutricional, crianças, estado nutricional

Resumo

Atualmente as alterações na estrutura da dieta, associadas às mudanças econômicas, sociais e demográficas e suas repercussões na saúde populacional, vem sendo observadas em diversos países em desenvolvimento. O desenvolvimento infantil depende de diversos fatores e repercute sobre o estado saúde. Esta pesquisa tem como objetivo assistir nutricionalmente aos escolares matriculados em uma escola do Município de Piraí; avaliar o estado nutricional de crianças; verificar a utilização de alimentos saudáveis nesta merenda escolar; desenvolver estratégias para introduzir alimentos saudáveis e preparações com maior aceitabilidade e auxiliar o sistema de controle e avaliação do estado nutricional, em parceria com agentes de saúde. O estado nutricional dos escolares foi avaliado a partir do IMC/idade (IMC/I), indicador de adequação do peso em relação à altura, utilizando como referência os dados (NHANESI) adaptados e a aceitação das preparações e da merenda escolar a partir de questionários semiestruturados. Dentre as 308 crianças avaliadas, constatou-se segundo P/I 81,5 % encontraram-se eutróficas, 9,74 % com baixo peso e 8,44 % com sobrepeso; para A/I 55,2 % estavam eutróficas, 2,27 % baixo para idade e 4,545 % alto para idade e para IMC/I 26,3 % estavam eutróficas, 8,44 % com sobrepeso e 2,6 % com baixo peso. Conclui-se que, nesta amostra, há uma prevalência da desnutrição em relação ao sobrepeso/obesidade, o que demonstra a crescente importância de crianças desnutridas como tema de investigações científicas, o que contradiz no que diz respeito a transição nutricional hoje observada. No entanto, em função dos resultados verificados, destacamos que haverá a implantação dos demais objetivos propostos do projeto como as estratégias de reeducação nutricional, no período sequencial do cronograma estabelecido, visando a mudança do comportamento alimentar das crianças, a introdução de novas técnicas de preparo e de medidas mais saudáveis garantindo a maior aceitação e o melhor estado nutricional dos escolares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

04-02-2019

Como Citar

COSTA, L. S. R.; SEBASTIÃO, V. V. P.; NEVES, A. S.; ESTEVES, A. C.; MELLO, C. A. Assistência nutricional e avaliação da alimentação dos escolares. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 3, n. 1 esp, p. 22, 2019. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2688. Acesso em: 21 jun. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)