Bioatividade de Cecropia catarinensis sobre Oncopeltus fasciatus (Hemiptera: Lygaeidae)

Autores

  • M. T. Serdeiro Ceceten e Laboratório de Insetos Vetores/Universidade Severino Sombra, Vassouras, RJ
  • A. P. Almeida Laboratório de Estudo Químico e Farmacológico de Produtos Naturais/USS, Vassouras, RJ
  • M. M. O. Cabral Ceceten e Laboratório de Insetos Vetores/Universidade Severino Sombra, Vassouras, RJ

Palavras-chave:

Oncopeltus fasciatus, metanólico, Cecropia catarinensis

Resumo

Insetos da espécie Oncopeltus fasciatus (Dallas, 1852) (Hemiptera:Lygaeidae), insetos fitófagos frequentemente vistos sugando Asclepias curassavica e outros vegetais de importância agrícola. Espécies vegetais do gênero Cecropia (embaúba) são plantas nativas de matas ciliares úmidas, distribuindo-se particularmente na encosta Atlântica das regiões sul e sudeste do Brasil (LORENZI & MATOS, 2002). Os bioensaios foram realizados com O. fasciatus, da colônia do Laboratório de insetos vetores/ USS, utilizando o tratamento tópico e, na água da dieta das ninfas de 5º estádio de O. fasciatus. Os experimentos foram realizados com grupos de 20 ninfas em três triplicatas e três repetições. O extrato bruto metanólico de C. catarinensis foi dissolvido em metanol e solubilizado em solução salina (1:3). Posteriormente, o extrato foi aplicado na água da dieta (ml) e/ou parte ventral do abdômen (μl) dos insetos nas concentrações de 10, 50 e 100 μg. Após os tratamentos, os insetos tratados e os grupos controles, foram mantidos a 28 ºC em dieta normal (sementes de girassol e água), e observados durante 15 dias, quanto ao desenvolvimento e mortalidade, e durante 35 dias quanto a ovipostura. O tratamento na água da dieta apresentou uma mortalidade de 30% das ninfas na concentração de 100 μg/ml. O tratamento tópico reduziu a longevidade de O. fasciatus em 40- 50%. As fêmeas previamente tratadas (5º estádio), na dieta e tópico apresentaram significativa redução da ovipostura (9 ± 0.5 e 37.6 ± 0.6) com 13 e 18 ovos por fêmea, quando comparada aos controles (68.3 ± 3.5 e 61.3 ± 3.5) com 51 e 21 ovos por fêmea, respectivamente. Ambos os tratamentos inibiram totalmente (100%) a viabilidade dos ovos nas concentrações de 50 e 100μg. Conclui-se que o extrato metanólico de C. catarinenses reduz a ovipostura e a viabilidade dos ovos em fêmeas de O. fasciatus.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

04-02-2019

Como Citar

SERDEIRO, M. T.; ALMEIDA, A. P.; CABRAL, M. M. O. Bioatividade de Cecropia catarinensis sobre Oncopeltus fasciatus (Hemiptera: Lygaeidae). Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 3, n. 1 esp, p. 29, 2019. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2750. Acesso em: 18 abr. 2024.