Efeito antimuda do extrato bruto metanólico de Bromelia antiacantha sobre Oncopeltus fasciatus d. (Lygaeidae)

Autores

  • F. C. C. Santos Discente Curso de Ciências Biológicas Bacharelado/CECETEN e Iniciação Científica/ Laboratório de Insetos Vetores/Universidade Severino Sombra/USS, Vassouras, RJ
  • A. P. Almeida Docente e Pesquisador Curso de Farmácia/ Laboratório de Estudo Químico e Farmacológico de Produtos Naturais (LAEQUIFAR)/ Universidade Severino Sombra/ USS, Vassouras, RJ, e CEQOFFUP/ CEQUIMED, Universidade do Porto, Rua Aníbal Cunha 164, 4050-045 Porto, Portugal.
  • J. E. Souza Discente Curso de Farmácia e Iniciação Científica/Laboratório de Estudo Químico e Farmacológico de Produtos Naturais (LAEQUIFAR), Universidade Severino Sombra/USS, Vassouras, RJ.
  • S. S. Costa Docente Pesquisador LPN- Bio-núcleo de Pesquisas de Produtos Naturais/Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ, RJ.
  • M. M. O. Cabral Docente Pesquisador Curso de Ciências Biológicas/CECETEN, Laboratório de Insetos Vetores/Universidade Severino Sombra/USS, Vassouras, RJ., e Pesquisador Fiotec/ Laboratório de Diptera/Instituto Oswaldo Cruz/IOC, FIOCRUZ, RJ.

Palavras-chave:

Oncopeltus fasciatus, Bromelia antiacantha, ecdise, bioativa, metanólico

Resumo

A família Lygaidae possui cerca de 1.500 espécies descritas, e a esta pertence Oncopeltus fasciatus (Dallas, 1852). Como outros Hemípteros que atacam folhas, os Ligeideos nelas determinam o aparecimento de pequenas manchas cloróticas nas partes picadas pelo rostro e, em conseqüência destas lesões, as folhas secam e morrem (BEST, 1977). Na área de produtos naturais, a pesquisa com plantas tem o objetivo de descobrir substâncias bioativas que possam ser utilizadas como inseticidas naturais para o uso direto no controle de insetos-praga ou ainda como protótipos de novos produtos inseticidas industrializados (VENDRAMIM, 2000). Bromelia antiacantha Bertol é uma espécie terrestre com propriedades anti-helmíntica, antitussígena e também usada no tratamento de cálculos renais (REITZ,1983). As folhas de B. antiacantha foram maceradas com metanol originando o extrato bruto metanólico (290 mg), que particionado com clorofórmio deu origem à uma subfração solúvel (SC; 123 mg) e outra insolúvel (IC; 87,6 mg). Os bioensaios foram realizados sobre O. fasciatus (colônia mantida no Laboratório de insetos vetores/ USS), com tratamento tópico e oral (adicionado à água da dieta das ninfas de 5º estádio dos insetos). Foram utilizados grupos de 20 ninfas em triplicatas e três repetições. O extrato bruto e a subfração SC foram dissolvidos em etanol e acetona respectivamente. Os controles compreenderam grupos com e/ou sem adição do solvente de diluição. Posteriormente, o extrato bruto foi aplicado na parte ventral do abdômen (μl) ou diluído em solução salina (1:3) e adicionado à água da dieta (ml) dos insetos, e a subfração SC foi aplicada apenas por uso tópico, ambos nas concentrações de 50, 100 e 200 μg. Após os tratamentos, os insetos foram mantidos a 28 ºC em dieta normal (sementes de girassol e água), e observados durante 15 dias, quanto ao desenvolvimento, mortalidade e durante 35 dias quanto à reprodução. O tratamento oral com o extrato bruto metanólico resultou em 50% de inibição da ecdise (200 μg/ml) e 60% de mortalidade de ninfas. O tratamento tópico com o extrato bruto (100 μg/μl) resultou em 50% (18 ­ 1.6) a viabilidade dos ovos, 79% (42 ­ 3.5) (P<0,01) a viabilidade das ninfas, e 84% (9 ­ 1.7) (P<0, 001) a viabilidade de adultos de O. fasciatus. O tratamento tópico com a subfração SC não apresentou atividade, nas condições testadas. Os experimentos com a subfração metanólica estão em andamento. Todos os dados foram analisados pelo teste de Tukey. Os dados obtidos sugerem que o extrato bruto metanólico de B. antiacantha interfere sobre o desenvolvimento de O. fasciatus inibindo a ecdise e afetando o desenvolvimento do Hemiptera, em condições de laboratório. Entretanto a fração solúvel em clorofórmio, provavelmente rica em substâncias apolares, não foi ativa nas condições testadas permitindo inferir que as substâncias bioativas são polares e foram concentradas na fração metanólica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

04-02-2019

Como Citar

SANTOS, F. C. C.; ALMEIDA, A. P.; SOUZA, J. E.; COSTA, S. S.; CABRAL, M. M. O. Efeito antimuda do extrato bruto metanólico de Bromelia antiacantha sobre Oncopeltus fasciatus d. (Lygaeidae). Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 3, n. 1 esp, p. 41,42, 2019. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2765. Acesso em: 18 abr. 2024.