Estudo das dermatoses prevalentes na população da terceira idade atendida no ambulatório de dermatologia do UniFOA

Autores

  • B. L. F. Elias UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda
  • H. J. do Nascimento UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda
  • C. M. Pôncio UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda

Resumo

Fundamentos: População crescente que se faz importante conhecimento das vária dermatoses e suas incidências no âmbito de nossa comunidade. Objetivos: Conhecer as dermatoses que mais acometem essa faixa etária dentro de noss comunidade, conhecendo as suas variações, uma vez que nosso trabalho faz u acompanhamento anual. Métodos: Foram avaliados retrospectivamente, mediante análise de prontuários n Policlínica do UniFOA 166 pacientes acima de 60 anos de idade atendidos no período entr 2003 e final de 2006. Resultados: De 166 pacientes acima de 60 anos, as 2 dermatoses mais freqüentes foram Tinea ungueal e Psoríase em 9 pacientes respondendo a 5,42%, seguido de 8 paciente que apresentaram queixa de prurido e 8 com xerose cutânea, ambos representand  4,8%. Sete pacientes apresentando candidíase cutânea e das unhas assim como líque simples crônico, representando 4,22%. Dessa  forma, podemos concluir que já possuímos parte do instrumento de trabalh  sendo possível uma noção geral do objetivo da pesquisa, entretanto não suficiente par obtermos dados estatísticos conclusivos até o presente momento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

11-02-2019

Como Citar

ELIAS, B. L. F.; NASCIMENTO, H. J. do; PÔNCIO, C. M. Estudo das dermatoses prevalentes na população da terceira idade atendida no ambulatório de dermatologia do UniFOA. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 2, n. 1 esp, p. 24, 2019. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2870. Acesso em: 18 jul. 2024.