Interação dos medicamentos homeopáticos com os constituintes sanguíneos – Avaliação das propriedades físico-químicas

Autores

  • R. B. da C. Gomes UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda
  • A. F. F. Curado UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda
  • R. T. Carvalho UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda
  • L. D. Pereira UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda
  • S. D. Santos-Filho UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda

Resumo

Arnica montana é uma planta que tem sido utilizado como medicamento homeopátic geralmente prescrito após traumas e injúrias. A capacidade dos eritrócitos ou célula vermelhas do sangue (RBC) para resistir à hemólise caracteriza o que é denominad fragilidade osmótica (OF) da membrana das células vermelhas do sangue. O Objetivo deste  trabalho      é investigar a possibilidade da Arnica montana        dinamizad homeopaticamente ser capaz de alterar as propriedades fisiológicas (fragilidade osmótica da membrana das RBC. Em poucas palavras, as amostras de sangue foram incubada com Arnica montana 6CH ou com NaCl a 0,90%, como controle, por 60 minutos e temperatura ambiente. As amostras foram suavemente misturadas com soluçõe hipotônicas de NaCl (de 0.12 a 0.90%), centrifugadas e os sobrenadantes foram isolado para determinar a densidade óptica da hemoglobina no espectrofotômetro (540nm). A fragilidade osmótica das RBC foi significantemente reduzida pela presença da Arnic montana 6CH em concentrações salinas hipotônicas. Esses achados permitiram especula que a Arnica montana 6CH tem um efeito de proteção contra a hemólise das RB Finalmente, os resultados sugerem que a Arnica montana, dinamizada homeopaticament pode ser responsável pelos efeitos observados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

02/11/2019