Avaliação da capacidade funcional de idosos na Unidade Básica de Saúde da Família São Geraldo, município de Volta Redonda, RJ.

Autores

  • Gabriel Vassalo De souza Hospital Municipal Dr. Munir Rafful
  • Márcia Dorcelina Trindade Cardoso
  • Suzana Angélica Silva Lustosa
  • Ana Paula Campos de Souza
  • Alice Juliana Otoni Muller Santos

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v11.n32.341

Palavras-chave:

idosos, capacidade funcional, Programa de saúde da família

Resumo

O envelhecimento faz com que a independência funcional diminua, acarretando consequentemente uma redução da qualidade de vida. A manutenção da capacidade funcional dos idosos é de fundamental importância para realização das atividades básicas e instrumentais da vida diária. O presente estudo possui como objetivo avaliar a capacidade funcional de idosos cadastrados no Programa de Saúde da Família no bairro São Geraldo, no município de Volta Redonda, RJ. Para realizar esta avaliação, foi aplicado o questionário validado HAQ-20 (Stanford Health Assessment Questionnaire) em sua versão brasileira, com uma amostra de n = 40 idosos, sendo estes, o total dos que frequentaram a unidade de saúde em um período estipulado previamente (setembro, 2012). Foram acrescentadas duas variáveis para determinação de gênero e idade e sua relação com a capacidade funcional encontrada.

Foi encontrado um total de n = 22 idosos do gênero masculino (55%) e n = 18 idosos do gênero feminino (45%). Em relação à idade, foram divididos em quatro grupos, sendo de 60 a 70 anos, n = 22 idosos (55%); 71 a 80 anos, n = 11 idosos (27,5%); entre 81 e 90 anos n = 5 idosos (12,5%) e dos que eram maiores de 90 anos, n = 2 idosos (5%). Quase 80% dos participantes apresentaram uma boa capacidade funcional, sendo classificados em “sem incapacidade” ou com “alteração leve da capacidade funcional” sendo, portanto, capazes de realizarem de forma adequada as suas atividades do dia-a-dia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Vassalo De souza, Hospital Municipal Dr. Munir Rafful

Graduação: medicina UniFOA 2005 - 2010

Residência em Medicina da Família e Comunidade - Hospital Municipal Dr. Munir Rafful - Volta Redonda 2011 - 2012

Especialização em Geriatria - Ipemed - SP 2011 - 2012


Referências

ALENCAR, M. C. B.; HENEMANN, L.; ROTHENBUHELER, R. A capacidade funcional de pacientes, e a fisioterapia em um programa de assistência domiciliar. Revista Fisioterapia em Movimento, v. 21, n. 1, p. 11-20, 2008.

ALVES, L. C.; LEIMANN, B. C. Q.; VASCONCELOS, M. E. L.; CARVALHO, M. S.; VASCONCELOS, A. G. G.; FONSECA, T. C. O.; LEBRÃO, M. L.; LAURENTI, R. A influência das doenças crônicas na capacidade funcional dos idosos do município de São Paulo, Brasil. Cad. Saúde Pública. V. 23, n. 8, p. 1924-30, ago., 2007.

BRASIL, 1999. Portaria do Gabinete do Ministro de Estado da Saúde de nº 1395, de 9 de dezembro de 1999, que aprova a Política Nacional de Saúde do Idoso e dá outras providências. Brasília: Diário Oficial (da) República Federativa do Brasil, nº 237-E, pp.20-24, 13 dez., seção 1.

BRASIL. Ministério da Saúde. Saúde do Idoso. Portal da Saúde, 2009. Disponível em: <http://portal.saude.gov.br/ portal/saude/visualizar_texto.cfm?idtxt=26466>. Acesso em: 13 ago. 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Envelhecimento e saúde da pessoa idosa / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica, Brasília: Ministério da Saúde, 2006.

BRUCE, B.; FRIES, J. F. The stanford health assessment questionnaire: a review of its history, issues, progress, and documentation. The Journal of Rheumatology, v. 30, n. 1, p. 167-78, 2003. Disponível em: <http://aramis.stanford. edu/downloads/JRheumatol_new%20HAQ.pdf>. Acesso em: 13 ago. 2012.

COSTA, E. C.; NAKATANI, A. Y. K.; BACHION, M. M. Capacidade de idosos da comunidade para desenvolver Atividades de Vida Diária e Atividades Instrumentais de Vida Diária. Acta Paul. Enferm. V. 19, n.1, p. 43-8, 2006.

COSTA, E.F.A.; Porto, C.C.; Almeida, J.C. et al. Semiologia do Idoso. In: Porto, C.C. (ed). Semiologia Médica. 4ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001. (9):165-197.

DUARTE, Y. A. O.; ANDRADE, C. L A.; LEBRÃO, M L. O Índice de Katz na avaliação da funcionalidade dos idosos. Revista da Escola de Enfermagem - USP, v. 41, n. 2, p. 317-25, 2007.

GUCCIONE, A. A. Fisioterapia geriátrica. 2. Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002.

LACOURT, M. X.; MARINI, L. L. Decréscimo da função muscular decorrente do envelhecimento e a influência na qualidade de vida do idoso: uma revisão de literatura. RBCEH - Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano, v. 3, n. 1, p. 114-121, 2006.

NAKATANI, A. Y. K. et al. Perfil sócio-demográfico e avaliação funcional de idosos atendidos por uma equipe de saúde da família na periferia de Goiânia. Revista da Sociedade Brasileira de Clínica Médica, v. 5, n. 1, p. 131-136, 2003.

PACHECO, R. O.; SANTOS, S. S.C. Avaliação global de idosos em unidades de PSF. Textos sobre Envelhecimento. v. 7, n. 2, 2004.

PAPALÉO NETTO, M. Tratado de Gerontologia. 2ª ed. rev. ampl. São Paulo (SP): Ed. Atheneu; 2007. p.39-56.

ROSA, T. E. C. et al. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos. Revista de Saúde Pública, v. 37, n. 1, p. 40-8, 2003.

SANTANA SCHNEIDER, R. H.; MARCOLIN, D.; DALACORTE, R. R. Avaliação funcional de idosos. Revista S. Médica, v. 18, n. 1, p. 4-9, 2008.

SILVESTRE J.A.; Costa Neto, M.M. Abordagem do idoso em programas de saúde da família. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 19(3):839-847, mai-jun, 2003.

VERAS, R. Envelhecimento populacional contemporâneo: demandas, desafios e inovações. Revista de Saúde Pública. v 43, n. 3, p. 548-54, 2009.

Downloads

Publicado

10-12-2016

Como Citar

DE SOUZA, G. V.; CARDOSO, M. D. T.; LUSTOSA, S. A. S.; DE SOUZA, A. P. C.; MULLER SANTOS, A. J. O. Avaliação da capacidade funcional de idosos na Unidade Básica de Saúde da Família São Geraldo, município de Volta Redonda, RJ. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 11, n. 32, p. 91–98, 2016. DOI: 10.47385/cadunifoa.v11.n32.341. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/341. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Ciências Biológicas e da Saúde

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)