Análise da qualidade da água do abastecimento público do município de São José dos Quatro Marcos - MT

Autores

Palavras-chave:

Potabilidade; Tratamento de água; Monitoramento

Resumo

A água possui um papel de extrema importância, sendo indispensável para a manutenção da vida de todos os seres vivos, considerando sua importância o tratamento da água é de extrema relevância ao bem estar e a saúde da população e, quando não tratada corretamente pode gerar um elevado número de enfermidades. Devido a isso, o presente estudo tem por objetivo analisar a qualidade da água do abastecimento público do município de São José do Quatro Marcos – MT aos padrões de qualidade físico-químicas e microbiológicas da água de acordo com a Portaria GM/MS Nº 888, de 4 de maio de 2021. As amostras foram coletadas nos meses de junho e outubro de 2021, no qual analisou-se os seguintes parâmetros: cloro residual livre, coliformes totais, cor aparente, Escherichia Coli, pH e turbidez. Embora alguns parâmetros apresentarem variações, a água que está sendo distribuída de um modo geral, encontra-se em conformidade com os padrões de potabilidade estabelecido pela norma, sendo assim apropriada para o consumo humano, a não ser o cloro que no final da rede de distribuição se manteve abaixo do mínimo permitido pela portaria. Recomenda-se um monitoramento e fiscalização nas condições da distribuição da água de abastecimento humano em São José dos Quatro Marcos – MT.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBUQUERQUE, Maria Virgínia da Conceição et al. Filtração lenta ascendente na remoção de cor e turbidez de água destinada ao abastecimento público. Anais do Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental e Sustentabilidade. v. 7: Congestas 2019 ISSN 2318-7603. Disponível em: http://eventos.ecogestaobrasil.net/congestas2019/trabalhos/pdf/congestas2019-et-02 007.pdf. Acesso em: 2 nov. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Vigilância e controle da qualidade da água para consumo humano/Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. 212p. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/vigilancia_controle_qualidade_agua.pdf. Acesso em: 20 mar. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde. Manual de controle da qualidade da água para técnicos que trabalham em ETAS/Ministério da Saúde, Fundação Nacional de Saúde. Brasília: Funasa, 2014. 112p. Disponível em: https://saneamentobasico.com.br/wp-content/uploads/2020/04/FUNASA-Manual-de Controle-da-Qualidade-da-%C3%81gua.pdf. Acesso em: 20 mar. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Gabinete do Ministro. Portaria GM/MS Nº 888, de 4 de maio de 2021. Brasília: Ministério da Saúde, 2021. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-gm/ms-n-888-de-4-de-maio-de-2021 318461562. Acesso em: 13 maio 2021.

BRASIL. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução CONAMA nº 357 de 17 de março de 2005. Disponível em: http://conama.mma.gov.br/?option=com_sisconama&task=arquivo.download&id=450. Acesso em: 25 set. 2021.

IBGE. Instituto Brasileiro de geografia e Estatística. 2020. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/mt/sao-jose-dos-quatro-marcos.html. Acesso em: 8 maio 2021.

KUHLMANN, Mônica Luisa., et al. Effects of human activities on rivers located in protected areas of the Atlantic Forest. Acta Limnologica Brasiliensia, 2014. v. 26, n. 1, p. 60-72. Disponível em: https://www.scielo.br/j/alb/a/w3ND8KVSLG9GgLmyqfQfgbH/?format=pdf&lang=en. Acesso em: 20 out. 2021.

MORAIS, Wilker Alves, et al. Qualidade sanitária da água distribuída para abastecimento público em Rio Verde, Goiás, Brasil. Cadernos de Saúde Coletiva, Rio Janeiro, v. 24, n. 3, p. 361-367, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cadsc/a/3NF56QxLSXm9zRW6dryvhJs/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 18 set. 2021.

OLIVEIRA, Mariângela Dutra de., et al. Nova abordagem do Índice de Qualidade de Água Bruta utilizando a Lógica Fuzzy. Eng Sanit Ambient. v. 19, n. 4. p. 361-372, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-41522014019000000803. Acesso em: 25 set. 2021.

PEREIRA, R. F. Calibração do coeficiente de decaimento do cloro (Kw) em redes de abastecimento de água utilizando o método iterativo do gradiente hidráulico alternativo (MIGHA). 2009. 91 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Recursos Hídricos). Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009. Disponível em: http://repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/17300/1/2009_dis_rfpereira.pdf. Acesso em: 18 out. 2021.

RICHTER, C. A. Parâmetros de qualidade e definição de processos de tratamento. Água: métodos e tecnologia de tratamento. 1. ed. São Paulo: Blucher, 2009. cap. 7. p. 65-89.

SILVA. L. J.; LOPES L. G., AMARAL, L. A. Qualidade da água de abastecimento público do município de Jaboticabal, SP. Eng. Sanit. Ambient. 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-41522016000300615&script=sci_arttext. Aceso em: 15 maio 2021.

SILVA, Ezequiel Luiz da., et al. Aprendizagem Baseada em Problemas Utilizando a Avaliação da Qualidade da Água para o Ensino dos Conceitos de Teoria Ácido-Base e Soluções. Revista Virtual Química. 2021. Disponível em: https://dx.doi.org/10.21577/1984-6835.20210048. Aceso em: 12 set. 2021.

SOUSA, Nathália Cristina Figueira de., et al. Análise Físico-Química e Bacteriológica de Coliformes Totais e Termotolerantes da Água de Consumo Distribuída aos Alunos de 3 Creches Privadas do Setor Leste da Cidade de Porto Velho – Rondônia. Saber Científico, Porto Velho, 2016; v. 5, p. 24-32. Disponível em: http://periodicos.saolucas.edu.br/index.php/resc/article/view/1196/1044. Acesso em: 18 set. 2021.

SOUZA, João Wallyson Feitosa., et al. Análise da Qualidade da Água de Bebedouros em Escolas Públicas de Tabira-PE, Journal of Medicine and Health Promotion, 2021. v. 6. p.73-83. Disponível em: https://jmhp.unifip.edu.br/index.php/jmhp/article/view/63/30. Acesso em: 15 maio 2021.

Downloads

Publicado

23-08-2022

Como Citar

RODRIGUES COSTA, K. G.; SOUZA DE OLIVEIRA, K. .; CAVALANTE NETO, L. C. .; QUEIROZ DE MENEZES JUNIOR, M. . Análise da qualidade da água do abastecimento público do município de São José dos Quatro Marcos - MT. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, 2022. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/3912. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Tecnologia e Engenharias

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)