Perfil de vulnerabilidade diante das desigualdades sociais e seu impacto na saúde

uma revisão sistemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v18.n53.4382

Palavras-chave:

demografia social e Saúde, Determinantes sociais e saúde, Bem-estar

Resumo

A Organização Mundial de Saúde (OMS) definiu a saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social” ela não considerou apenas a ausência da doença, corroborando com a compreensão de que as condições de vida, acesso a emprego, renda, informação, educação, serviços sociais e aos serviços de saúde, frequentemente desencadeiam padrões de adoecimento que se tornam característicos das populações vulneráveis. Trata-se de uma revisão de literatura sistemática que teve como base as recomendações da PRISMA para a sua estruturação. A pesquisa foi desenvolvida baseada nos seguintes termos: (P) problema de Saúde nos sujeitos; (O) Demonstração do impacto dos determinantes sociais na condição de saúde dos sujeitos; (T) estudo transversal de natureza quanti/qualitativa. Foram adotados os critérios de elegibilidade: artigos publicados em versão completa em revistas on-line; idioma em português; artigo que respondessem à pergunta norteadora publicados entre 2016 à 2022 e artigos que fossem do tipo transversal com abordagem predominantemente qualitativa. Para avaliar a qualidade dos estudos selecionados, foi utilizado a escala Newcastle-Ottawa adaptada para estudos transversais. Os resultados mostram que a relação entre saúde e doença são determinadas pelo contexto social, sendo mais presentes nos grupos mais vulneráveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, L. D. et al. Prevalência e fatores associados ao aleitamento materno em crianças menores de 2 anos de idade. Revista de Ciências Médicas e Biológicas, 2021. DOI: https://doi.org/10.9771/cmbio.v20i4.42450

BARBOSA, G. E. F. et al. Dificuldades iniciais com a técnica da amamentação e fatores associados a problemas com a mama em puérperas. Revista Paulista de Pediatria, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2017;35;3;00004

BORGES, G. M.; CRESPO, C. D. Aspectos demográficos e socioeconômicos dos adultos brasileiros e a COVID-19: uma análise dos grupos de risco a partir da Pesquisa Nacional de Saúde, 2013. Caderno de Saúde Pública, 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00141020

BRASIL, Saúde Amanhã, Prospecção Estratégica do Sistema de Saúde Brasileiro, 2013. Acesso em: 26 out 2022. Disponível em: <https://saudeamanha.fiocruz.br/condicionantes-sociais-e-economicos-da-saude/#.Y2ps3nbMLrc>.

CALDAS, A. D. R. et al. Mortalidade infantil segundo cor ou raça com base no Censo Demográfico de 2010 e nos sistemas nacionais de informação em saúde no Brasil. Caderno de Saúde Pública, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00046516

CARRAPATO, P.; CORREIA, P.; GARCIA, B. Determinante da saúde no Brasil: a procura da equidade na saúde. Revista Saúde e Sociedade. São Paulo, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/s0104-12902017170304

CERQUEIRA, C. S. Perfil sociodemográfico e epidemiológico de pacientes com AIDS residentes na região de saúde que compreende o município de Alagoinhas – BA, no período de 2007-2017. Revista de Ciências Médicas e Biológicas, 2020. DOI: https://doi.org/10.9771/cmbio.v1i1.31960

COSTA, L. D.; BORGES, L. M. Características epidemiológicas da mortalidade neonatal e infantil em uma regional de saúde. Arquivos de Ciências da Saúde da UNIPAR, 2022. DOI: https://doi.org/10.25110/arqsaude.v26i1.2022.8250

CRUZ, D. K. A et al. Iniquidades socioeconômicas associadas aos diferentes domínios da atividade física: resultados da Pesquisa Nacional de Saúde 2019. Epidemiologia e Serviços de Saúde, Brasília, 2022 DOI: https://doi.org/10.1590/ss2237-9622202200015.especial

GALVÃO, T. F.; PEREIRA, M. G. Revisões sistemáticas da literatura: passos para sua elaboração. Epidemiologia e Serviço de Saúde, Brasília, 2014. DOI: https://doi.org/10.5123/S1679-49742014000100018

GARBOIS, J. A.; SODRÉ, F.; ARAUJO, M. D. Da noção de determinação social à de determinantes sociais da saúde. Saúde em Debate, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-1104201711206

GOMES, C. F. M. et al. Transtornos mentais comuns em estudantes universitários: abordagem epidemiológica sobre vulnerabilidades. SMAD, Rev. Eletrônica Saúde Mental Álcool Drogas, 2020. DOI: https://doi.org/10.11606//issn.1806-6976.smad.2020.157317

LOPES, G. S. G. et al. Representações sociais sobre pé diabético: contribuições para Atenção Primária à saúde no Nordeste brasileiro. Ciência & Saúde Coletiva, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232021265.04702021

MACEDO, J. P. et al. Apoio Social, Transtorno Mental Comum e Uso Abusivo de Álcool em Assentamentos Rurais. Trends Psychol, Ribeirão Preto, v. 26, 2018. DOI: https://doi.org/10.9788/TP2018.3-01Pt

MIRANDA, W. D.; SILVEIRA, F.; SOUSA, R. P. Epidemiologia, população e Determinantes sociais e ambientais da saúde – Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz, 32 p. – Textos para Discussão; n. 47, 2020.

PACHECO, K. T. S. et al. Saúde bucal e qualidade de vida de gestantes: a influência de fatores sociais e demográficos. Ciência & Saúde Coletiva, 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232020256.24002018

SANTOS, L. J. M.; MARTIEZ, B. P.; CORREIA, H. F. Perfil de internações hospitalares e mortalidade por doenças respiratórias obstrutivas crônicas nas regiões brasileiras, entre os anos de 2016 e 2018. Revista de Ciências Médicas e Biológicas, 2019. DOI: https://doi.org/10.9771/cmbio.v18i3.34175

SILVA, I. C. M. et al. Mensuração de desigualdades sociais em saúde: conceitos e abordagens metodológicas no contexto brasileiro. Epidemiologia e Serviço de Saúde, 2018. DOI: https://doi.org/10.5123/S1679-49742018000100017

SOUZA, M. G.; PRADO, F. O. Manifestações bucais em portadores de epidermólise bolhosa residentes em um município baiano. Revista de Ciências Médicas e Biológicas, 2021.

TOLAZZI, J. R.; GRENDENE, G. M.; VINHOLES, D. B. Avaliação da integralidade na atenção primária à saúde através da Primary Care Assessment Tool: revisão sistemática. Revista Panamericana Salude Publica, 2022. DOI: https://doi.org/10.26633/RPSP.2022.2

Downloads

Publicado

07-12-2023

Como Citar

OLIVEIRA LOPES, Maiara; CRISTINA MESQUITA SOARES, Themis. Perfil de vulnerabilidade diante das desigualdades sociais e seu impacto na saúde: uma revisão sistemática. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 18, n. 53, p. 1–10, 2023. DOI: 10.47385/cadunifoa.v18.n53.4382. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/4382. Acesso em: 15 jun. 2024.

Edição

Seção

Ciências Biológicas e da Saúde

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.