O que as mulheres de Volta Redonda conhecem sobre câncer de mama?

Estudo comparativo de dois anos

Autores

  • Gonçalves R L M V UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ.
  • Pereira L G A W UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ.
  • Oliveira D H H UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ.
  • Fontes C R G S UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ.
  • Negri K C UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ.
  • Cardoso M D T UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ.

Palavras-chave:

Câncer de mama, População, Prevenção

Resumo

O número de casos de câncer tem aumentado de maneira considerável em todo o mundo, configurando-se como um dos mais importantes problemas de saúde pública mundial. Entre eles está o câncer de mama, que é o tumor invasivo que mais acomete e mata as mulheres no Brasil. Avaliar o nível de conhecimento da população feminina de Volta Redonda acerca do câncer de mama. Comparar os resultados da mesma pesquisa em anos distintos. Estudo transversal realizado nos anos de 2006 e 2010, através da aplicação de um questionário a 100 mulheres (50 em cada ano) nas ruas de Volta Redonda, estruturado com 12 perguntas objetivas. A faixa etária predominante em ambos os anos situou-se entre 18 e 25 anos. Nos dois grupos, a hereditariedade foi dito como sendo o fator mais associado ao desenvolvimento do câncer de mama. Com relação ao exame preventivo, em 2010 houve um acréscimo no número de mulheres que acreditam ser o auto-exame fundamental na diminuição da mortalidade, trazer tranqüilidade à mulher e evitar a retirada da mama; além disso, 56,5% a mais das mulheres pesquisadas em 2010 receberam indicação médica para a realização do auto-exame. A maioria (68% e 80,8%) não possui história familiar de câncer de mama, enquanto 17% da amostra global ainda não sabe quando iniciar o auto-exame. Houve um decréscimo no conhecimento da mulher sobre outros exames preventivos: 17% na mamografia, 37,5% no exame físico médico e 21,7% no ultra-som. Por último, 70,6% menos mulheres em 2010 têm medo do laudo médico, quando comparado com 2006. Os autores enfatizam a necessidade da maior difusão do conhecimento médico à população feminina, para que essas se conscientizem da importância de uma correta prevenção do câncer de mama. Para os acadêmicos, este trabalho contribuiu em um maior aprendizado acerca do tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

25-10-2023

Como Citar

GONÇALVES R L M V; PEREIRA L G A W; OLIVEIRA D H H; FONTES C R G S; NEGRI K C; CARDOSO M D T. O que as mulheres de Volta Redonda conhecem sobre câncer de mama? : Estudo comparativo de dois anos. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, 2023. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/4740. Acesso em: 20 jul. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)