A visão do estudante de medicina frente a sua escolha profissional

Autores

  • Jesus EC UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ.
  • Souza MCT UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ.
  • Mati AC UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ.
  • Mendes L UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ.
  • Ladeira R UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ.
  • Carvalho RF UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ.

Palavras-chave:

estudantes, medicina, escolha da profissão

Resumo

A escolha profissional se constrói a partir de um contexto social, econômico e político. Torna-se evidente para o estudante que desenvolva habilidades cognitivas, mas também o “pensar” na sua prática. Investigamos a visão, anseios e dificuldades que cercam a escolha profissional junto a estudantes de Medicina. Estudo transversal. Local: UniFOA. Amostra: 134 acadêmicos de medicina do 1º (n=45), 6º (n= 51) e 12º (n=38) períodos. Utilizou-se um questionário. Critérios de inclusão: acadêmicos regularmente matriculados e preencherem o termo de consentimento livre e esclarecido e questionário completo. Critérios de exclusão: questionários incompletos ou alunos faltosos. Participaram do estudo 81 mulheres (60,44%) e 53 homens (39,56%). 14,92% com 15 – 20 anos, 52,98 % 20 – 25 anos e 32,10% acima de 25 anos. 1º período (33,58%), 6º período (38,05%) e 12º período (28,37%). Momento de escolha da profissão: Ensino Fundamental: 39 29,10%, Ensino Médio 44, 02%, pré-vestibular 23,31%, em outro curso Superior 2,23%%, Outros: 1,34%. Influências na escolha: Aptidão 23,13%, família 14,95%, dinheiro 22,38%, status 10,44%, estabilidade 23,88%, outros 5,22%%. Características importantes no estudante: responsabilidade 6,71%, dedicação 41,18%, aptidão 17,91%, persistência 20,89%, outros: 13,40%%. Expectativas com a medicina: ajudar ao próximo 11,11%, busca de conhecimento teórico 20%, interesse por atividades práticas 20%, realização profissional 48,89%. Dificuldades enfrentadas no curso: abdicação da vida pessoal 15,58%, grau de dificuldade das matérias 42,22%%, questões financeiras 17,77%, desgaste do curso 4,44%, duração do curso 15,55%, outros: 4,44%. O estudante de medicina deve aprender a lidar com ambientes difíceis e turbulentos. Deve aprender a ser capaz de resolver problemas seus e da sua comunidade e serem resistentes aos estressores externos e internos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

25-10-2023

Como Citar

JESUS EC; SOUZA MCT; MATI AC; MENDES L; LADEIRA R; CARVALHO RF. A visão do estudante de medicina frente a sua escolha profissional. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, 2023. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/4747. Acesso em: 18 jun. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)