Ocorrência de ovos de Ancylostoma spp. em amostras de fezes de gatos (Felis catus LINNAEUS, 1758) domiciliados em uma área escolar da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Autores

  • Viviane Abreu de Andrade CEFET/RJ
  • Marco Antonio Ferreira da Costa Laboratório de Educação Profissional em Técnicas Laboratoriais em Saúde, Escola Politécnica Joaquim Venâncio, FIOCRUZ/RJ.
  • Júlio Vianna Barbosa Laboratório de Educação em Ambiente e Saúde, Instituto Oswaldo Cruz, IOCRUZ/RJ.

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n20.71

Palavras-chave:

Zoonose, Ancylostoma, Helmintos, Gatos, Fezes.

Resumo

O presente trabalho teve por objetivo realizar o inquérito coproparasitológico para protozoários e helmintos de uma amostra da população de gatos, que vivia na área de uma escola localizada na Zona Norte do Município do Rio de Janeiro.  Foram colhidas e processadas 24 amostras de fezes de acordo com o método de diagnóstico de centrífugo-flutuação em solução de sacarose (d=1,203g/cm3).  Foram encontrados ovos de Ancylostoma spp. em 95,8% (23/24) das amostras analisadas. A elevada taxa de amostras positivas apontou a necessidade de aplicação de medidas de controle do parasitismo intestinal da população de gatos da área estudada, além de medidas educativas, destinadas à proteção da saúde animal e humana. Os resultados obtidos indicaram que a área escolar estudada apresentava potencial risco zoonótico para aquisição de Larva migrans cutânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, V. S. A health education model for the Family Health Program: towards comprehensive health care and model reorientation. Interface - Comunic., Saúde, Educ., v.9, n.16, p.39-52, set.2004/fev.2005.

ABREU, A. C.; FRIOZI, E.; CARVALHO F.G.; CONCIANI, D.L.; GOMES, A. T.; MAKSOUD, J.C. Contaminação das areias dos parques de recreação por ovos de parasitas gastrointestinais, em Campo grande, MS, Brasil. In: Abstracts of the 15th Panamerican Congress of Veterinary Sciences, p.25-26, 1996.

ALONSO, J.M.; LÓPEZ, M.A.; BOJANICH, M.V.; MARULL, J. Infección por Toxocara canis en población adulta sana de un área subtropical de Argentina. Parasitol. Latinoam., v.59, p.61-64, 2004.

ARAÚJO, F.R.; ARAÚJO, C.P.; WERNEK, M.R.; GÓRSKI, A., Larva migrans cutânea em crianças de uma escola em área do Centro-Oeste do Brasil. Rev. Saúde Pública, v.34, n.1, p.84-85, 2000.

BASSO, W.U.; VENTURINI, L.; RISSO, M.A. Comparacion de técnicas parasitológicas para el examen de heces de perro. Parasitol. día., v.22, n.1-2, p.52-56, 1998.

BRASIL, SEMETC - Secretaria de Educação Média e Tecnológica. PCN + Ensino Médio: Orientações Educacionais complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC, 2002.

CARLI, G.A. Parasitologia Clínica. São Paulo: Editora Atheneu, 2001.

CASTILLO, D.; PAREDES, C.; ZAÑARTU, C.; CASTILLO, G.; MERCADO, R.; MUÑOZ, V. Contaminación ambiental por huevos de Toxocara sp. en algunas plazas y parques públicos de santiago de Chile, 1999. Bol. Chil. Parasitol., v.55, n.3-4, 2000.

CASTRO, C.S.V.; CERDEIRA, M.V.; MARTÍN, M.L.P. Larva migrans cutânea: diagnóstico de sospecha y tratamiento en Atención Primaria. MEDIFAM. , v.12, n.10, p.655-657, 2002.

COELHO, L.M.P.S.; DINI, C.Y.; MILMAN, M.H.S.A.; OLIVEIRA, S.M. Toxocara spp. Eggs in public squares of Sorocaba, São Paulo state, Brazil. Rev. Inst. Med. Trop. S. Paulo, v.43, n.4, p.189-190, 2001.

CÔRTES, V.A.; PAIM, G.V.; FILHO, R. A. A. Infestação por Ancilostomídeos e toxocarídeos em cães e gatos apreendidos em Vias públicas, São Paulo (Brasil). Rev. Saúde Públ., v.22, p.341-3, 1988.

FUTUYMA, D. Biologia Evolutiva. São Paulo: Sociedade Brasileira de Genética, 1996.

GENNARI, S.M.; KASAI, N.; PENA, H. F. J.; CORTEZ, A. Ocorrência de protozoários e helmintos em amostras de fezes de cães e gatos da cidade de São Paulo. Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci., v. 36, n.2,1999.

GUIMARÃES, A.M.; ALVES E.G.L.; REZENDE, G.F.; RODRIGUES, M.C. Ovos de Toxocara sp. e larvas de Ancylostoma sp. em praça pública de Lavras, MG. Rev. Saúde Pública, 39 (2): 293-295, 2005.

HEUKELBACH, J.; OLIVEIRA, F.A.S.; FELDMEIER, H. Ectoparasitoses e saúde pública no Brasil: desafios para controle. Cad. Saúde Pública, v.19, n.5, p.1535-1540, 2003.

LANGONI, H.; SILVA, A.V.; CABRAL, K.G.; CUNHA, E.L.; CUTOLO, A.A. Prevalência de toxoplasmose em gatos dos estados de São Paulo e Paraná . Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci., v.38, n.5, p.243-244, 2001.

LIMA, W. S.; CAMARGO, M.C.V.; GUIMARÃES, M.P. Surto de larva migrans em uma creche de Belo Horizonte, Minas Gerais (Brasil). Rev. Inst. Med. Trop. São Paulo, v.26, p.122-124, 1984.

LUCAS, S.R.R.; HAGIWARA, M.K.; LOUREIRO, V.S. Infecção por Toxoplasma gondii em gatos domésticos atendidos em um hospital veterinário em São Paulo. Rev. Inst. Med. Trop. São Paulo, v.41, n.4, p. 221-224, 1999.

MENDES-DE-ALMEIDA, F. Composição populacional e condições sanitárias de gatos domésticos (Felis catus Linnaeus, 1758) habitantes do zoológico da cidade do Rio de Janeiro, 2002. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) – Clínica e Reprodução Animal, Univ. Federal Fluminense, Niterói (RJ), 2002.

MENDES-DE-ALMEIDA, F. Estudo prospectivo de uma colônia urbana de gatos domésticos (Felis catus Linnaeus, 1758) (Felidae: Carnívora) livres: controle populacional e condições sanitárias, 2005. Tese (Doutorado em Ciências Veterinárias) – Ciências Veterinárias, Univ. Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica (RJ), 2005.

MERCADO, R.; UETA, M.T.; CASTILLO, D.; MUÑOZ, V.; SCHENONE, H. Exposure to larva migrans syndromes in squares and public parks of cities in Chile. Rev. Saúde Pública, v. 38, n.5, p.729-731, 2004.

NEVES, D. P. Parasitologia Humana. São Paulo: Editora Atheneu, 2005.

NUNES, C.M.; PENA, F.C.; NEGRELLI, G.B.; ANJO, C.G.S.; NAKANO, M.M.; STOBBE, N.S. Ocorrência de larva migrans na areia de áreas de lazer das escolas municipais de ensino infantil, Araçatuba, SP, Brasil. Rev. Saúde Pública, v.34, n.6, p.656-658, 2000.

ODUM, E.P. Ecologia. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan., 1988.

RAGOZO, A. M. A.; MURADIAN, V.; RAMOS E SILVA, J. C.; CARAVIERI, R.; AMAJONER, V. R.; MAGNABOSCO, C.; GENNARI, S. M. Ocorrência de parasitos gastrointestinais em fezes de gatos das cidades de São Paulo e Guarulhos. Braz. J. Vet. Anim. Sci., v.39, n.5, p.244-246, 2002.

REY, L. Parasitologia: parasitos e doenças parasitárias do homem nos trópicos ocidentais. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 2008.

SANTARÉM, V.A.; GIUFFRIDA, R.; ZANIN, G.A. Larva migrans cutânea: ocorrência de casos humanos e identificação de larvas de Ancylostoma spp em parque público do município de Taciba, São Paulo. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v37, n2, p. 179-181, 2004.

SERRA, C. M. B., UCHÔA, C. M. A. & COIMBRA, R. A. Exame parasitológico de fezes de gato (Felis catus domesticus) domiciliados e errantes da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Brasil. Rev. Sociedade Bras. de Med. Tropical, v.36, n.3, p. 331-334, 2003.

UGA, S. & KATOAKA, N. Measures to control Toxocara egg contamination in sandpits of public parks. Am. J. Trop. Med. Hyg, v.52, p.21-24, 1995.

WHO, World Health Organization. Health topics. Disponível em: <http://www.who.int/topics/zoonoses/en/ >. Acesso em 15 de setembro de 2009.

Downloads

Publicado

10-12-2012

Como Citar

ANDRADE, V. A. de; DA COSTA, M. A. F.; BARBOSA, J. V. Ocorrência de ovos de Ancylostoma spp. em amostras de fezes de gatos (Felis catus LINNAEUS, 1758) domiciliados em uma área escolar da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 7, n. 20, p. 115–123, 2012. DOI: 10.47385/cadunifoa.v7.n20.71. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/71. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Ciências Biológicas e da Saúde