Pseudocisto Antral: Prevalência na cidade de Volta Redonda, Rio de Janeiro, Brasil

Autores

  • Sergio Elias Vieira Cury UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda
  • Maria Dorotéa Pires Neves Cury MDS - Disciplina Odontologia Social – Curso de Odontologia - UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda
  • Brunno dos Santos de Freitas Silva DDS, PhD - Disciplina Patologia Bucal – Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo
  • Omar Tinoco Franklin Molina DDS, PhD - Disciplina de Disfunção Têmporo-mandibular – Faculdade de odontologia - UNIRG-TO
  • Jimmy de Oliveira Araújo MDS - Disciplina de Disfunção Têmporo-mandibular – Faculdade de Odontologia – SLMandic
  • Luiz Roberto Manhães Jr DDS, PhD – Disciplina de Radiologia e Imaginologia - Faculdade de Odontologia – SLMandic.
  • Luciana Butini Oliveira DDS, PhD – Disciplina de Radiologia e Imaginologia - Faculdade de Odontologia – SLMandic.

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v8.n1%20(Esp.).74

Palavras-chave:

Radiografias Panorâmicas, Seios maxilares, Pseudocisto antral, Cisto mucoso do seio maxilar, Poluição do ar, Siderurgia, Volta Redonda.

Resumo

O objetivo foi o de avaliar, através da análise de radiografias panorâmicas, a ocorrência do pseudocisto antral na cidade de Volta Redonda, Rio de Janeiro, associando condições geográficas e poluição do ar. Duas mil e quatrocentas radiografias panorâmicas pertencentes ao arquivo do RADIOCENTRO - Centro Odontológico de Documentação Ortodôntica localizado na cidade de Volta Redonda, obtidas no período de janeiro a dezembro de 2008, foram analisadas em relação à presença de imagens radiográficas compatíveis com Pseudocisto Antral. Concluiu-se que a prevalência média encontrada (6,83%) está dentro dos índices relatados na literatura (variação de 1,4 e 9,6%), porém quando estudadas as condições geográficas do município e poluição do ar, verificou-se que a incidência nos bairros localizados na margem esquerda em relação ao Rio Paraíba do Sul (8,67% e 17,5%) esteve acima da média relatada na literatura, indicando a participação da poluição do ar na gênese do pseudocisto antral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALLARD, R.H.; KWAST, W.A.; WAAL, I. Mucosal antral cysts. Review of the literature and report of a radiographic survey. Oral Surg Oral Med Oral Pathol v. 51, n. 1, p. 2-9, 1981.

BALLESTER, F.; TENIAS, F.; PEREZ-HOYOS, S. Air pollution and emergency hospital admissions for cardiovascular diseases in Valencia, Spain. J Epidemiol Community Health v. 55, n. 1, p. 57-65, 2001.

BOHAY, R.N.; GORDON, S.C. The maxillary mucous retention cyst: a common incidental panoramic finding. Oral Health v.87, n. 7, p. 7-10, 1997.

BULGARELLI, A.F.; SILVA, A.B.M.; PAULINO, S.M. et al. Cisto de retençäo do seio maxilar - considerações para o clínico geral. Rev APCD v. 56, n. 3, p. 178-81, 2002.

CANÇADO, J.E.D.; BRAGA, A.; PEREIRA, L.A.A. et al. Repercussões clínicas da exposição à poluição Atmosférica. J Bras Pneumol v. 32(supl 1), p. s5-s11, 2006.

COLEMAN, G.C.; NELSON, J.F. Princípios de diagnóstico bucal. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 1993.

CONAMA - Conselho Nacional do Meio Ambiente –Resolução nº 003, de 28 de junho de 1990. Diário Oficial da União de 22/08/90.

COSTA, C.M.A.C.; MADEIRO, A.T.; BANDEIRA, F.G. et al. Diagnóstico das alterações nos seios maxilares através da imagem digitalizada. Salusvita v. 26, n. 1, p. 11-21, 2007.

CROCE, M.; VASCONCELOS, D.M.; MANSO, E.R.C. et al. Poluição ambiental e alergia respiratória. Rev Fac Med Ribeirão Preto v. 31, p. 144-53, 1998.

DIAS, J.E.; GOMES, O.V.O.; REZENDE, A.S. et al. Áreas críticas de erosão do solo no municipio de Volta Redonda – RJ. Caminhos de Geografia v. 21, n. 16, p. 235-41, 2005.

DOOD, G.D.; JING, B.S. Radiology of the nose, paranasal sinuses and nasopharynx. Nex York: Waverly Press; 1978.

DUCHIADE, M.P. Poluição do ar e doenças respiratórias: uma revisão. Cadernos de Saúde Pública n. 8, p. 311-30, 1992.

EPD - Empresa de Processamento De Dados (Prefeitura Municipal de Volta Redonda). Características do Município – 2008. [texto na Internet] Disponível em: http://www.voltaredonda.rj.gov.br/cidade/caracteristicas.php. Acesso em: 10/11/2009.

FIGÚN, M.E.; GARRINO, R.R. Anatomia odontológica funcional y aplicada. Buenos Aires: Libreria El Ateneo; 1986.

FREITAS, A.; TORRES, F.A. Radiografias panorâmicas. In Radiologia odontológica. 5 ed. São Paulo: Artes Médicas, 1998.

FREITAS, C.M.; PORTO, M.F.S.; MOREIRA, J.C. et al. Segurança química, saúde e ambiente – perspectivas para a governança no contexto brasileiro. Cadernos de Saúde Pública. 2002; 18(1):249-256.

FREITAS L. Radiologia bucal técnicas e interpretação. São Paulo: Pancast, 1992.

GIODA, A.; SALESC, J.A.; CAVALCANTI, P.M.S. et al. Evaluation of Air Quality in Volta Redonda, the Main Metallurgical Industrial City in Brazil. J Braz Chem Soc v. 15, n. 6, p. 856-64, 2004.

GONÇALVES, F.L.T.; CARVALHO, L.M.V.; CONDE, F.C. et al. The effects of air pollution and meteorological parameters on respiratory morbidity during the summer in São Paulo City. Environment International v. 31, p. 343-9, 2005.

GONÇALVES, R.C.C.; SILVEIRA, M.M.F. Cisto mucoso do seio maxilar: prevalência em radiografias panorâmicas. ROBRAC v. 3, n. 8, p. 19-22, 1993.

HOFMEISTER, V.A. Efeitos da Poluição do Ar sobre a Função Pulmonar: Um Estudo de Coorte em Crianças de Cubatão. Tese de Doutorado, 123p. São Paulo: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, 1991.

HOFMEISTER, V.A.; FISCHER, F.M.; NOGUEIRA, D.P. et al. Case-study: effects of air pollution on the health of children living in the city of Cubatão, Brazil. In: WHO-Commission of Health and Environment. Report of the panel on industry, Geneva: World Health Organization; 1992.

IPPU - Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano. Prefeitura Municipal de Volta Redonda. [texto na Internet] Disponível em: http://www.voltaredonda.re.gov.br/cidade. Acesso em: 10/11/2009.

JENDRITZKY, G.; DEDEAR, R. Adaptação e Meio Ambiente térmico. Cadernos de Saúde Pública v. 1, p. 9-32, 2008.

LANGLAIS, R.P.; LANGLAND, O.E.; CHRISTOFFEL-NOTRTJÉ, J. Diagnostic imaging of the jaws. Baltimore: Willians & Wilkins; 1995.

MADEIRA, M.C. Anatomia da face. Bases anátomo-funcionais para a prática odontológica. São Paulo: Sarvier; 2003.

MANHÃES JR, L.R.C.; BISSOLI, C.F.; MORAES, M.E.L. et al. Cisto mucoso do seio maxilar: importância no diagnóstico radiográfico. UNISA v. 9, n. ½, p. 52-6, 2004.

MARQUES, T.M.; SALZEDAS, L.M.P.; COCLETE, G.A. et al. Aspectos radiográficos do cisto mucoso de retenção do seio maxilar. Revista Odontológica de Araçatuba. 2006; 27(Suplemento - 5º Encontro de Estomatologia):1.

MELO, G.C.B.; MITKIEWICZ, G.S.M. Dispersão atmosférica de poluentes em um complexo industrial siderúrgico. XXVIII Congresso Interamericano de Engenharia Sanitária e Ambiental, Cidade do México, México, 2002.

MILES, D.A.; KAUGARS, G.E.; DIS, M.V. et al. Oral & maxillofacial radiology – radiológic/pathologic correlations. W.B. Sauders Company, 1991.

NEVILLE, B.W.; DAMM, D.D.; ALLEN, C.M.; BOUQUOT, J.E. Patologia Oral & Maxilofacial. 3ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

OHBA, T.; CORDERO JR, F.; PREECE, J.W. et al. The posterior wall of the maxillary sinus as seen in panoramic radiography. . Oral Surg Oral Med Oral Pathol v. 72, n. 3, p. 375-8, 1991.

OHBA, T.; KATAYAMA, H. Panoramic roentgen anatomy of the maxillary sinus. Oral Surg Oral Med Oral Pathol v. 39, n. 4, p. 658-64, 1975.

PEITER, P.; TOBAR, C. Poluição do ar e condições de vida: uma análise geográfica de riscos à saúde em Volta Redonda, Rio de Janeiro, Brasil. Cad. Saúde Pública v. 14, n. 3, p. 473-85, 1998.

PEREIRA, F.A.C.; ASSUNÇÃO, J.V.; SALDIVA, P.H.N. Influence of air pollution on the incidence of respiratory tract neoplasm. J Air Waste Manag Assoc v. 55, n. 1, p. 83-7, 2005.

PONTES, M.A.A. Pseudocisto antral - Estudo das radiografias panorâmicas realizadas no serviço de radiologia da 1ª Odontoclínica Militar do Quartel do Comando Geral [monografia]. Rio de Janeiro: Escola Superior de Comando de Bombeiro Militar; 2006.

POYTON, H.G.; PHAROAH, M.J. Radiologia bucal. Cidade do Mexico: Interamericana; 1992.

RAMESH, A.; PABLA, T. Mucous retention cyst of maxillary sinuses. J Mass Dent Soc v.57, n. 2, p. 14-5, 2008.

RODRIGUES, C.; FREIRE, G.; SILVA, L. et al. Prevalence and risk factors of mucous retention cysts in a Brazilian population. Dentomaxillofac Radiol v. 38, n. 7, p. 480-3, 2009.

RUPRECHT, A.; BATNIJI, S.; EL-NEWEIHI, E. Mucous retention cyst of the maxillary sinus. Oral Surg Oral Med Oral Pathol v. 62, n. 6, p. 728-31, 1986.

SICHER, H.; DU BRULL, E.I. Anatomia Bucal. 6ª Ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1977.

TIEPO, L.R.; TAVANO, O.; FRISCHKNECHT, I. et al. Cisto dentígero bilateral: importância da radiografia panorâmica no diagnóstico e proservação. Rev da ABRO v. 3, n. 2, p. 47-52, 2002.

VAN DIS, M.L.; MILLES, D.A. Disorder of the maxillary sinus. Dent Clin North Am v. 38, n. 1, p. 155-66, 1994.

VIGIAR - Programa Nacional de Vigilância em Saúde Ambiental relacionada à Qualidade do Ar. [texto na Internet] Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/Gestor/area.cfm?id_area=1303. Acesso em: 10/11/2009.

YARA, T.; CÁSSIA, U.; ADMILSON, F. Análise estatística do impacto da poluição atmosférica na saúde populacional. Rio Oil & Gas Expo and Conference, Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás – IBP. 2006.

WHAITES, E. Princípios de radiologia odontológica. São Paulo: Artmed; 2003.

WHITE, S.C.; PHAROAH, M.J. Oral radiology: principles and interpretation. 4 ed. St Louis: Mosby; 2000.

WIKIPÉDIA (enciclopédia livre) – 2009. [texto na Internet] Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Companhia_Sider%C3%BArgica_Nacional. Acesso em: 10/11/2009.

WOOD, N,K.; GOAZ, P.W. Diagnóstico diferencial das lesões bucais. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 1983.

WUEHRMANN, A.; MANSON-HING, L.R. Dental Radiology. 5ª ed. St. Louis: Mosby. 1981.

Downloads

Publicado

20-05-2013

Como Citar

CURY, Sergio Elias Vieira; CURY, Maria Dorotéa Pires Neves; DE FREITAS SILVA, Brunno dos Santos; MOLINA, Omar Tinoco Franklin; ARAÚJO, Jimmy de Oliveira; MANHÃES JR, Luiz Roberto; OLIVEIRA, Luciana Butini. Pseudocisto Antral: Prevalência na cidade de Volta Redonda, Rio de Janeiro, Brasil. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 8, n. 1 (Esp.), p. 69–84, 2013. DOI: 10.47385/cadunifoa.v8.n1 (Esp.).74. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/74. Acesso em: 15 abr. 2024.

Edição

Seção

Ciências Biológicas e da Saúde

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)