Incidência de Neoplasias Malignas de Esôfago na População de Volta Redonda, Rio de Janeiro

Autores

  • Walter Manuel Tavares Nóbrega Junior UniFOA
  • Nathalia Monerat Pinto Blazuti Barreto UniFOA
  • Silvio Delfini Guerra UniFOA
  • Marcus Vinicius Ribeiro Carvalho UniFOA
  • Loreley Andrade Luderer UniFOA
  • Juliana de Paula Machado Médica do Programa de Residência em Pediatria do Hospital Universitário Sul Fluminense
  • Sergio Elias Vieira Cury UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v10.n27.75

Palavras-chave:

Câncer de esôfago, trato digestivo, sitio primário.

Resumo

Objetivo: Avaliar a incidência de neoplasias malignas do esôfago na população de Volta Redonda, através de um estudo retrospectivo em 10 anos nos registros de diagnósticos histopatológicos. Método: foram obtidos 10.000 registros, pertencentes ao acervo da disciplina de Patologia Geral do Curso de Odontologia do UniFOA, oriundos do extinto Hospital da Companhia Siderúrgica Nacional na cidade de Volta Redonda, Rio de Janeiro, Brasil, registrados no período compreendido entre os anos de 1990 a 2000. Foram selecionados os casos diagnosticados como de neoplasias malignas que apresentaram o esôfago como sítio primário. Neoplasias metastáticas não foram consideradas. Resultados: Foram encontrados 1280 casos diagnosticados como de neoplasias malignas no referido serviço. Dentre esses, 3,90% (n=50) apresentaram como sitio primário o esôfago. A idade variou de 42 a 76 anos, com média de 65,6 anos, com predominância na faixa etária entre 60 e 69 anos (n=29). Ocorreram 38 casos no gênero masculino (76%) e 12 no feminino (24%). Em relação ao diagnostico histopatológico, a maioria dos casos foi de carcinomas epidermóides (n=35, 70%), tendo sido encontrados 15 casos (30%) de adenocarcinomas. Conclusões: A incidência encontrada foi de 3,9%, com maior ocorrência na faixa etária entre 60 e 69 anos e no gênero masculino.             O principal tipo histológico foi o Carcinoma epidermóide.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Walter Manuel Tavares Nóbrega Junior, UniFOA

Discente do Curso de Medicina do UniFOA

Nathalia Monerat Pinto Blazuti Barreto, UniFOA

Discente do Curso de Medicina do UniFOA

Silvio Delfini Guerra, UniFOA

Discente do Curso de Medicina do UniFOA

Marcus Vinicius Ribeiro Carvalho, UniFOA

Docente do Curso de Odontologia do UniFOA

Loreley Andrade Luderer, UniFOA

Docente do Curso de Odontologia do UniFOA

Sergio Elias Vieira Cury, UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda

Docente dos Cursos de Medicina e Odontologia do UniFOA.

Referências

BRASIL. Instituto Nacional do Câncer. Estimativa 2012 Incidência do Câncer no Brasil. Disponível em: <http://www.inca.gov.br/estimativa/2012/estimativa20122111.pdf>. Acesso em: 10/04/2012.

GUERRA, M.G.; GALLO, C.V.M.; SILVA MENDONÇA G.A. Risco de câncer no Brasil: tendências e estudos epidemiológicos mais recentes. Rev Bras Cancerol v. 51, n. 3, p. 227-34, 2005.

IGISSINOV, S.; IGISSINOV, N.; MOORE, M.A. et al. Epidemiology of Esophageal Cancer in Kazakhstan. Asian Pacific J Cancer Prev v. 13, p. 833-6, 2012.

LAGERGREN, K.; MATTSSON, F.; LAGERGREN J. Abdominal fat and male excess of esophageal adenocarcinoma. Epidemiology v. 24, n. 3, p. 465-6, 2013.

MELLO, B.S.; LUCENA, A.F.; ECHER, I.C. et al. Pacientes com câncer gástrico submetidos à gastrectomia: uma revisão integrativa. Rev Gaúcha Enferm v. 31, n. 4, p. 803-11, 2010.

MITCHELL, C.; ABBAS, A.K.; KUMAR, V.Y.; FAUSTO, N.; ASTER. J.Ç. Robins & Cotran Patologia – Bases Patológicas das doenças. 9 ed. São Paulo: Elsevier, 2012.

MONTEIRO, L.M.N.; ARAÚJO, D.F.; BASSETTI-SOARES, E. et al. Câncer de Esôfago: Perfil das manifestações clínicas, histologia, localização e comportamento metastático. Rev Bras Cancerol v. 55, n. 1, p. 27-32, 2009.

NEMETH, I.B.; ROSZTOCZY, A.; IZBEKI, F. et al. A renewed insight into Barrett's esophagus:comparative histopathological analysis of esophageal columnarmetaplasia. Dis Esophagus v. 25, n. 5, p. 395-402, 2012.

NEVILLE, B. W.; DAMM, D. D.; ALLEN, C. M. et al. Patologia oral & maxillofacial. 3ª ed. Rio de Janeiro: Elservier; 2010.

QUEIROGA, R.C.; PERNAMBUCO, A.P. Esophageal Cancer: Epidemiology, Diagnosis, and Treatment. Rev Bras Cancerol v. 52, n. 2, p. 173-8, 2006.

TERCIOTI JUNIOR, V.; LOPES, L.R.; COELHO NETO, J.S. et al. Eficácia local e complicações da terapêutica neoadjuvante no carcinoma epidermóide do esôfago: radioterapia versus radioterapia associada à quimioterapia. Rev Col Bras Cir v. 38, n. 4; p. 227-31, 2011.

WILLIS, R. The Spread of Tumors in the Human Body. Lodon: Butterworth & Co, 1952.

ZAN, T.A.B.; FRANÇA, F.C.; MUNIZ, M.P. et al. Prevalence of lung abnormalities in 55 patients with esophageal ccncer. Radiol Bras [online]. v. 38, n. 1, p. 11-5, 2005.

Downloads

Publicado

04/10/2015

Como Citar

NÓBREGA JUNIOR, W. M. T.; BARRETO, N. M. P. B.; GUERRA, S. D.; CARVALHO, M. V. R.; LUDERER, L. A.; MACHADO, J. de P.; CURY, S. E. V. Incidência de Neoplasias Malignas de Esôfago na População de Volta Redonda, Rio de Janeiro. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 10, n. 27, p. 89–94, 2015. DOI: 10.47385/cadunifoa.v10.n27.75. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/75. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

Ciências Biológicas e da Saúde

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)