Perfil Nutricional de Idosas frequentadoras da Faculdade da Terceira Idade Nutritional profile of elderly who frequent The Third Age Faculty

Autores

  • Érica Cristina Moreira Guimarães Universidade do Vale do Paraíba, SP
  • Lorena Silva dos Santos Universidade do Vale do Paraíba, SP.
  • Bruna Moraes de Jesus
  • Natalia Almeida Pastana
  • Margareth Lopes Galvão Saron Centro Universitário de Volta Redonda, UniFOA

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v4.n10.985

Palavras-chave:

Anthropometry Alimentary Injury Elderly Nutritional Status

Resumo

O objetivo deste foi avaliar o perfil nutricional de idosas frequentadoras da Faculdade da Terceira Idade, de São José dos Campos, Estado de São Paulo. A pesquisa foi transversal e controlada, constituída por 40 idosas, com média de idade de 68,22 anos. Foi realizada a avaliação antropométrica (índice de massa corporal, circunferência da cintura, razão cintura-quadril, prega cutânea triciptal e circunferência muscular braquial) e aplicação do inquérito alimentar. Os resultados mostraram inadequação do estado nutricional da maioria (52,5%) das idosas pelo índice de massa corporal, circunferência da cintura (75%) e razão cintura-quadril (90%). A maioria das idosas apresentou adequação em relação à reserva de tecido adiposo e muscular braquial.  Verificou-se neste grupo uma baixa ingestão de fibra alimentar, com média de 10,76 g. Pode-se concluir que prevaleceu a inadequação do estado nutricional, indicativa de sua maior susceptibilidade à morbidade e à mortalidade e inadequação pela maioria idosas em relação ao consumo alimentar de fibra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

- INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Diretoria de pesquisas, Coordenação de população e indicadores sociais. Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira 2008. IBGE, 2008.

- CAMPOS, M.T.F.S. et al. Fatores que afetam o consumo alimentar e a nutrição do idoso. Rev. Nutr., v.13, n.3, p. 157-165, 2000.

- SAMPAIO, L.R. Avaliação nutricional e envelhecimento. Rev. Nutr., v.17, n. 4, p. 507-514, 2004.

- TINOCO, A.L.A. et al. Sobrepeso e obesidade medidos pelo índice de massa corporal (IMC), circunferência da cintura (CC) e relação cintura/quadril (RCQ), de idosos de um município da Zona da Mata Mineira. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol., v.9, n.2, 2006.

- MENEZES, T.N.; MARUCCI, M.F.N. Perfil dos indicadores de gordura e massa muscular corporal dos idosos de Fortaleza,Ceará, Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.23, n.12, p.2887-2895, 2007.

- GOMES, M.A. et al. Correlação entre índices antropométricos e distribuição de gordura corporal em mulheres idosas. Rev. Bras. Cineantropom. Desempenho Hum.,v. 8, n.3, p.16-22, 2006.

- FENALTI, R.C.S.; SCHWARTZ, G.M. Universidade aberta à terceira idade e a perspectiva de ressignificação do lazer. Rev. Paul. Educ. Fís., v.17, n.2, p.131-41, 2003.

- LOHMAN TG. et al. Anthropometric Standardization Reference Manual. Abridged edition. Champaign: Human. Kinetics Books; 1988. 90p.

- WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Physical status: the use and interpretation of anthropometry. Geneva; Technical Report Series 854. 1995.

- ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA (OPAS). XXXVI Reunión del Comitê Asesor de Investigaciones en Salud – Encuestra Multicêntrica – Salud Beinestar y Envejecimeiento (SABE) en América Latina e el Caribe – Informe preliminar. Disponível em http://www.opas.org/program/sabe.htm.> (mar. 2002 ).

- KUCZMARSKI, M.F. et al. Descriptive anthropometric reference data for older Americans. J. Am. Diet. Assoc., v.100, p.59-66, 2000.

- WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Obesity: preventing and managing the global epidemic. Report of a WHO Consultation Group on Obesity. Geneva; 1998.

- WILLETT, W. Nutrition epidemiology. New York: Orford; p.217-244. 1990.

- CAMPOS, M.T.F.S. Efeitos da suplementação alimentar em idosos [dissertação]. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa; 1996.

- OTERO, B.U. et al. Morbidade por desnutrição em idosos, região Sudeste do Brasil, 1980-1987. Rev Saúde Pública. 2002; 32(2):141-8.

- WAITZBERG, D.L. Nutrição Oral, Enteral e Parenteral. 3ª ed. Editora Atheneu. São Paulo, 2000.

- CABRERA, M.A.S. et al. Relação do índice de massa corporal, da relação cintura-quadril e da circunferência abdominal com a mortalidade em mulheres idosas: seguimento de 5 anos. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 21, n.3, p.767-775, 2005.

- SAMPAIO, L.R.; FIGUEIREDO, V.C. Correlação entre o índice de massa corporal e os indicadores antropométricos de distribuição de gordura corporal em adultos e idosos. Revista de Nutrição, Campinas, v.18, n.1, p.53-61, 2005.

- FOOD AND NUTRITION BOARD. Dietary reference intakes for energy, carbohydrate, fiber, fat, fatty acids, cholesterol, protein, and amino acids (macronutrients). Washington: National Academy Press; 2002. 936p.

- Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia. IV Diretriz Brasileira Sobre Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose. Arquivos Brasileitos de Cardiologia, v. 88, supl. I, Abril, 2007.

- LOPES, A.C.S. et al. Consumo de nutrientes em adultos e idosos em estudo de base populacional: Projeto Bambuí. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, n.21, n.4, p.1201-1209, 2005.

Downloads

Publicado

2017-03-27

Edição

Seção

Ciências Biológicas e da Saúde

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>