Estudo de nitretação líquida, têmpera e revenido do aço P20 para moldes de injeção de polímeros

Juliane Carrera Marín, Alex da Silva Sirqueira, Mauro Carlos Lopes Souza, Vladimir Ivanovitch Monine, Italo de Carvalho Italo

Resumo


O aço AISI P20 é utilizado no processo de moldagem por injeção de polímero. A alta produção desse tipo de molde e a demanda de um material resistente motivou o estudo da resistência, microestrutura e dureza. Três tratamentos térmicos foram realizados, respectivamente, para Têmpera, Revenido e Nitretação Líquida, a fim de se observar o método mais eficiente, com o menor custo, considerando o tempo para alcançar as melhores características. Foram utilizadas quatro amostras. O primeiro serviu de padrão e não sofreu nenhum tipo de tratamento. O segundo foi submetido apenas à nitretação líquida. O terceiro foi para têmpera e revenido, e o quarto foi têmpera e revenido, seguido de nitretação líquida. As amostras foram lixadas e polidas para tratamento térmico e termoquímico. Após os tratamentos térmicos, a dureza do Rockel C atingiu valores de 40 HRC. Em microscopia óptica, as micrografias revelaram a presença de martensita produzida na têmpera, responsável pela alta dureza alcançada. A camada nitretada foi visualizada e medida. As amostras temperadas, revenidas e nitretadas atingiram uma dureza de 50 HRC, provando que a nitretação aumentou a dureza, na superfície. A medição, por difração de raios-X, mostrou baixo nível de tensões residuais geradas pela têmpera, da ordem 25 MPa.


Palavras-chave


AISI P20 Steel; Thermal Treatment; Thermochemical Treatment; Tempering; Liquid Nitriding.

Texto completo:

PDF

Referências


AMERICAN SOCIETY FOR METALS, 1983. Metals Handbook. V. 1. 9 ed.

Avner,S.H. 1974. Introduction to Physical Metallurgy. 2 ed., McGraw-Hill.

Callister JR., W. D., 2006. Fundamentos da Ciência e. Engenharia dos Materiais. 2 ed.. Rio de Janeiro, LTC.

Chiaverini, V. 1971. Aço Carbono e Aço Liga. ABM.

Chiaverini, V. 2003. Tratamentos Térmicos das Ligas Metálicas. 1 ed.. São Paulo, ABM.

Chiaverini, V. 2006. Tratamento Térmico das Ligas Metálicas. São Paulo, ABM.

Chiaverini, V. 1986. Tecnologia Mecânica.. 2ed.. São Paulo, Mc Graw – Hill.

Colpaert, H. 1974. Metalografia dos produtos siderúrgicos comuns. 3 ed.. São Paulo, Edgard Blucher.

Costa e Silva, A.L.V., MEI, P.R. 2010. Aços e Ligas Especiais. 3 ed.. São Paulo, Edgard Blucher.

Cullity, B. D. 1978. Elements of X-ray diffraction. 2 ed.. Addison-Wesley.

Bleicher , L., Sasaki, J.M. 2000. Introdução à difração de Raios-X em cristais. UFC.

Borrô Junior, A. 2001. Estudo do efeito da Nitretação líquida e gasosa no comportamento mecânico de um aço ferramenta para trabalho a frio Sinterizado2,3%C – 12,5%Cr -1,1%Mo – 4%V, Temperado e Revenido. São Paulo, USP.

Ebner, R.; Leitner, H., Jeglitsh,F., Caliskanoglu, D. 1999. “Methods of property oriented tool steel design”. In: 5th International conference on tooling. P. 03-24. Leoben. Proceedings, Leoben, Austria. Sept. 29 – Oct. 01.

Hoyle, G. 1998. High Speed Steels. Cambridge, Ingl.: Butterworth.

Honeycombe, R.W.K. 1982. Aços: Microestrutura e Propriedades. Fundação CalousteGulbenkian, Lisboa. 1 ed.

Machado, A. L. 2012. Nitretação Líquida do aço AISI H13, TCC, Tecnologia em Processos Metalúrgicos, UEZO, RJ, Brasil.

Manual de instruções COMBUSTOL. Forno elétrico tipo Batch para tratamento térmico, Modelo T-4E.

Monine, V.I., Teodosio, J. R., Ivanov, S. A. 1994. New methods of X ray tensometry. Advances in Experimental Mechanics.

Monteiro, W.A., Buso,S.J. 2000. “Caracterização de materiais por métodos físicos”. Técnicas de microscopia eletrônica aplicada a materiais de interesse nuclear. Pós-graduação, Instituto de Pesquisa Energéticas e Nucleares, USP.

NBR NM 136 – 2000. Tratamentos Térmicos de Aço – Terminologia e definições.

Noyan, I.C., Cohen,J. B. 1987. Residual Stress: Measurement by Diffraction and Interpretation. Springer-Verlag, p.276.

Novikov, I. 1994. Teoria dos tratamentos térmicos dos metais. 1ed., Rio de Janeiro, UFRJ.

Reed – Hill, R.E. 1973. Physical Metallurgy Principles. 2 ed., London, Van Nostrand Reinhold.

Ribeiro, P. S. 2009. Desenvolvimento de um novo aço para moldes de plástico.

Roberts, G., Krauss,G., Kennedy,R. 1998. Tool Steels. 5 ed., American Society for Metals, Metals Park.

Rodrigues, L.D. 2007. Medição de tensões residuais em tubos visando a determinação de esforços em dutos enterrados, Dissertação de M.Sc., Engenharia Mecânica., PUC - Rio, RJ, Brasil.

Santos, R. R. 2014. Estudo da nitretação líquida, têmpera e Revenido no aço P-20 utilizado em moldes, TCC, Tecnologia em Processos Metalúrgicos, UEZO, RJ, Brasil.

Saint’Clair, E. M. 2014. Mecânica da fratura aplicada em tubulação de aço carbono ASTM 672 Gr B60 e ASTM 106 Gr B usada em processos petroquímicos, Dissertação de M.Sc., Ciência e Tecnologia de Materiais, UEZO, RJ. Brasil.

Saraiva Clara, M., C.F. 2007. “Metalurgia: Controle De Deformação E Metais De Base”, Apostila V.

Speich, G.R. 1969. “Tempering of Low-Carbon Martensite”, Trans TMS-AIME, v.245, p.2553-2564.

Timoshenko, S., Gere, J. E. 1994. Mecânica dos sólidos. Rio de Janeiro, LTC.

Timoshenko, S.P. 1976. Theory of elasticity, 3 ed., J.N.Goodier.

Vendramin, J. C. 2002. Influência da Nitretação na Resistência à Fadiga por Flexão Rotativa de Molas para Válvulas Automotivas, Dissertação de M.Sc., Faculdade de Engenharia Mecânica, UNICAMP, SP, Brasil.

Welding Handbook, 1991. American Welding Society,v. 1, pp. 2–32.

Wilson, R. 1975. Metallurgy and Heat Treatment of Tool Steels, London, McGraw-Hill.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Cadernos UniFOA

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Cadernos UniFOA

Campus Três Poços - Av. Paulo Erlei A. Abrantes, 1325 - Três Poços
Prédio 3 - Sala 2 (Casarão)
Volta Redonda - RJ - CEP: 27240-560
Tel.: (24) 3340-8400 – Ramal: 8350

Indexado em:





  • Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.