O fim das Ilusões: a Crise Econômica e seus impactos sobre os modelos de gestão

Autores

  • Agamêmnom Rocha Souza Mestre em Estudo de Problemas Brasileiros – UERJ
  • Victor Cláudio Paradela Ferreira Doutor em Administração – FGV/EBAPE

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v4.n11.1000

Palavras-chave:

Teorias da Administração, Modelos de Gestão, Gestão Organizacional.

Resumo

A crise que se abateu recentemente sobre a economia trouxe mais do que os notórios problemas sociais e econômicos. A falência ou grave enfraquecimento de empresas, até então consideradas referências de competitividade, deixou atônitos muitos analistas organizacionais. Os problemas que se abateram sobre tais corporações revelaram a fragilidade dos modelos de gestão por elas adotadas. O presente artigo tem como foco a análise crítica das teorias administrativas. Inicialmente, são apresentados os princípios básicos das primeiras contribuições teóricas, destacando-se suas limitações. São, também, analisados os modelos, surgidos no fim do século passado, pretensamente mais modernos, mas igualmente parciais e falhos. Em seguida, são destacadas algumas contribuições teóricas que, longe de proporem novas receitas de sucesso, têm como foco a complexidade que marca a sociedade atual e a consequente necessidade de revisão dos postulados teóricos da administração.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAUER, Ruben. Gestão da mudança: caos e complexidade nas organizações. São Paulo: Atlas, 1999.

FERREIRA, Victor Cláudio Paradela, CARDOSO, Antônio Semeraro Rito, CORRÊA, Carlos José e FRANÇA, Célio Francisco. Modelos de gestão. 2 ed. Rio de Janeiro: Fundação Getulio Vargas, 2006.

GUERREIRO RAMOS, Alberto. A nova ci- ência das organizações. 2 ed. Rio de Janeiro: FGV, 1989.

GRAHAM, Pauline. Mary Parker Follett – profeta do gerenciamento. Rio de Janeiro: Quality Mark, 1997.

KAPLAN, Robert R. E NORTON, David P. A estratégia em ação: balanced scorecard. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

LAWRENCE, P. R.; LORSCHE, J. W. As empresas e o ambiente. Petrópolis: Vozes, 1967.

MAXIMIANO, Antônio César Amaru. Teoria Geral da Administração. São Paulo: Atlas, 2005.

MINTZBERG, H. Criando Organizações Eficazes: estruturas em cinco configura- ções. São Paulo, Atlas, 1995.

MORGAN, Gareth. Imagens da Organização. São Paulo: Atlas, 2002.

MORIN, Edgar. Complexidade e Transdisciplinaridade. Natal: EDUFRN, 1999.

MOTTA, Paulo Roberto. Transformação organizacional: teoria e a prática de inovar. Rio de Janeiro, Qualitymark, 1997.

________. Gestão Contemporânea: A Ciência e a Arte de Ser Dirigente. 12 ed. Rio de Janeiro: Record, 2001.

Nóbrega, Clemente. Taylor superstar. Revista Exame. Edição de 24/09/1997.

PEREIRA, Tatiana Dahmer. O não-governamental em questão: um estudo sobre o universo ABONG. Rio de Janeiro: Fase, 2003.

PETRAGLIA, Izabel Cristina. Edgard Morin: a educação e a complexidade do ser e do saber. 3 ed. Petrópolis: Vozes, 1999.

POSKITT, Kjartan. Isaac Newton e sua maçã. São Paulo: Cia. das Letras, 2003.

SENGE, Peter. A quinta disciplina. São Paulo: Best Seller, 1998.

SOUZA, Agamêmnom Rocha e FERREIRA, Victor Cláudio Paradela. Introdução à administração: uma iniciação ao mundo das organizações. 7 ed. Rio de Janeiro: Pontal, 2006.

TACHIZAWA, Takeshy e SCAICO, Oswaldo. Organização Flexível: Qualidade na gestão de processos. São Paulo: Atlas, 1997.

TENÓRIO, Fernando Guilherme. Tem razão a administração? Ensaios de teoria organizacional e gestão social. 2 ed. R. G. Sul.: Unijuí, 2004.

TOFFLER, Alvim. A empresa flexível. 4 ed. Rio de Janeiro: Record 1995.

_______. A terceira onda. 28 ed. Rio de Janeiro: Record, 2005.

VERGARA, Sylvia Constant. Gestão de pessoas. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2007

VILLALOBOS, Jorge Guerra e ZALDIVAR, Victor Bretón. ONGs: Um passo a frente e dois para trás. Maringá: Editora da Universidade Estadual de Maringá, 2001.

Downloads

Publicado

27-03-2017

Como Citar

SOUZA, Agamêmnom Rocha; FERREIRA, Victor Cláudio Paradela. O fim das Ilusões: a Crise Econômica e seus impactos sobre os modelos de gestão. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 4, n. 11, p. 53–64, 2017. DOI: 10.47385/cadunifoa.v4.n11.1000. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/1000. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas e Humanas

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.