PhD, D, MSc ou M ? Uma questão de formação.

Autores

  • Cleize S. Cunha Fisioterapia – UniFOA
  • Mauro Tavares NUPE – UniFOA

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v3.n1esp.1188

Palavras-chave:

pesquisa operacional, educação de pós-graduação.

Resumo

Este artigo destina-se a fazer alguns esclarecimentos no que se refere ao uso de algumas letras que são postadas à frente dos nomes dos autores de artigos, quando se referem aos seus títulos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA Jr, A., SUCUPIRA, N., SALGADO, C., ROCHA E SILVA, M., TRIGUEIRO, D., LIMA, A. A., TEIXEIRA, A., CHAGAS, V. E MACIEL, R. Definição dos cursos de pós-graduação - Parecer nº 977/65, C.E.Su, aprov. em 3-12-65.

BEIGUELMAN, B. Reflexões sobre a pós-graduação brasileira. In: PALATNIK, Marcos (org.) Pós-graduação no Brasil. Rio de Janeiro: Editora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1997, p. 33-47.

BOMENY, H. Newton Sucupira e os rumos da educação superior. Brasília: Paralelo 15 e CAPES. 2001.

CUNHA, L. A.. A universidade reformanda. Rio de Janeiro: Francisco Alves. 1998.

CRUZ, A. A.V. PhD ou D? Cartas ao Editor. Arq Bras Oftalmol. 2002; 65:495-6.

CURY, C. R. J. Qualificação pós-graduada no exterior. In: ALMEIDA, Ana Maria F., CANÊDO, Letícia Bicalho, GARCIA, Afrânio et al. Circulação internacional e formação intelectual das elites brasileiras. Campinas: UNICAMP, 2004, p. 107-143.

CURY, C. R. J. Graduação/pós-graduação: a busca de uma relação virtuosa. Educação e Sociedade, Campinas, CEDES, v. 25, nº 88, especial out., 2004, p. 777-793.

LOBO, Y. A construção e definição de políticas de pós-graduação em educação no Brasil: a contribuição de Anísio Teixeira e Newton Sucupira. Tese de doutorado. Departamento de Educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. 1991.

MARTINS, R. C. R. A pós-graduação no Brasil: uma análise do período 1970-90. Educação Brasileira, Brasília, CRUB, v. 13, nº 27, jul.-dez., 1991, p. 93-119.

MARTINS, R. C. R. A capacitação de docentes no sistema universitário brasileiro: políticas, estratégias, problemas e resultados. Estudos e Debates, Brasília, CRUB, nº 19, mar., 1999, p. 83-112.

NICOLATO, M. A. A caminho da lei n. 5.540/68: a participação de diferentes atores na definição da Reforma Universitária. Dissertação de mestrado. Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, v. II. 1986.

ROCHA NETO, I. A universidade pública, a formação de quadros e o país. In: VELLOSO, Jacques (org.). Universidade pública: política, desempenho e perspectivas. Campinas: Papirus, 1991, p. 77-105.

SAVIANI, D. A política educacional no Brasil. In: CÂMARA BASTOS, Maria Helena, STEPHANOU, Maria (orgs.). Histórias e memórias da educação no Brasil – v. III, séc. XX. Petrópolis: Vozes, 2005, p. 30-39.

SUCUPIRA, N. Antecedentes e primórdios da pós-graduação. Fórum Educacional, Rio de Janeiro, Fundação Getúlio Vargas, ano 4, nº 4, out.-dez., 1980, p. 3-18.

Downloads

Publicado

03/30/2017

Edição

Seção

Especial Pós-graduação

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)