Pesticidas aplicados na lavoura e o risco à saúde pública: Uma revisão da literatura

Autores

  • João Victor Rego Ferreira Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO
  • Bárbara Alvarenga Peckle Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO
  • Andressa Sbano Silva Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO
  • Angel da Silva Gomes Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO
  • Vanessa Monteiro Santana Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO
  • Ida Carolina Neves Direito Centro Universitário Estadual da Zona Oeste - UEZO

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v9.n24.121

Palavras-chave:

hortaliças, alimentos, contaminação, agrotóxicos

Resumo

Esta revisão mostra um breve histórico de pesticidas aplicados na agricultura brasileira e aponta algumas dificuldades do mau uso destes produtos, que podem contaminar o meio ambiente e resultar em danos à saúde dos agricultores e consumidores. Discutimos sobre a importância da ingestão de hortaliças frente a contaminação destas por pesticidas. Acreditamos que a ingestão de hortaliças é um habito saudável que deve ser estimulado, mas faz-se necessário, cada vez mais, o respeito a legislação vigente e uma maciça conscientização de agricultores e consumidores sobre pesticidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, V. E. S.; CARNEIRO, F. F.; VILELA, N. J. Agrotóxicos em hortaliças: segurança alimentar, riscos socioambientais e políticas públicas para promoção da saúde. Actas em Saúde Coletiva, v. 4, p. 84-99, 2009.

AMARANTE JUNIOR, O. P.; SANTOS, T. C. R.; BRITO, N. M.; RIBEIRO, M. L. Revisão das propriedades, usos e legislação do ácido 2,4-diclorofenoxiacético (2,4-D). Cadernos de Pesquisa, v. 13, p. 60-70, 2002.

ANVISA - AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (Brasil). Sistema de Informações sobre Agrotóxicos (SIA). Disponível em: <http://www.portal.anvisa.gov.br>. Acesso em 12 jun. 2012.

ARMAS, E. D.; MONTEIRO, R. T. R.; AMÂNCIO, A. V.; CORREA, R. M. L.; GUERCIO, M. A. Uso de agrotóxicos em cana-de-açúcar na bacia do rio corumbataí e o risco de poluição hídrica. Química Nova, v. 28, p. 975-982, 2005.

BARROS, C. A.; RIZZO, A. C. L.; CUNHA, C. D.; SÉRVULO, E. F. Monitoramento da Atenuação Natural de Solos Artificialmente Contaminados com Óleo Diesel B0 e B4. Série Tecnologia Ambiental. Rio de Janeiro: CETEM/ MCT, 2010.

BJORLING-POULSEN, M.; ANDERSEN, H. R.; GRANDJEAN, P. Potential developmental neurotoxicity of pesticides used in Europe, Environmental Health, v. 7, p. 1-22, 2008.

BLASZAK, M.; PELECH, R.; GRACZYK, P. Screening of Microorganisms for Biodegradation of Simazine Pollution (Obsolete Pesticide Azotop 50 WP). Water, Air, and Soil Pollution, v. 220, p. 373-385, 2011.

BOLLAG, J. M.; LIU, S. Y. Biological transformation process of pesticides. In: Cheng. H. H. (ed.). Pesticides in the soil environment: processes, impacts and modeling. USA: Soil Science Society of America, v. 2, 1990. p.169-210.

BOMBARDI, L. M. Intoxicação e Morte Por Agrotóxicos no Brasil: A Nova Versão do Capitalismo Oligopolizado. Boletim Dataluta, v. 9 , p. 1-21, 2011.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria MS nº 518, de 25 de março de 2004. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2005. (Série E, Legislação em Saúde). Lei nº 7.802, de 11 de julho de 1989. Dispõe sobre a pesquisa, a experimentação, a produção, a embalagem e rotulagem, o transporte, o armazenamento, a comercialização, a propaganda comercial, a utilização, a importação, a exportação, o destino final dos resíduos e embalagens, o registro, a classificação, o controle, a inspeção e a fiscalização de agrotóxicos, seus componentes e afins, e dá outras providências. Diário Oficial da União. Poder Executivo. Brasília, DF: Congresso Nacional, 1989.

BRITO, G. C. B.; SOUZA, D. B.; VASCONCELOS, F. C. W.; BRAGA, L. C. A importância da bioprospecção de microrganismos em áreas contaminadas com produtos derivados do petróleo. Revista em Agronegócios e Meio Ambiente, v. 3, p. 291-310, 2010.

BURNS, R. G. Factors affecting pesticide loss from soil. In: PAUL, E. A.; McLAREN, A. D. Soil biochemistry. New York: Marcel Dekker, 1975. v. 4, p. 103-141.

CAMARGO, E. B.; BOTELHO, R. A. Técnica Dietética: seleção e preparo de alimentos. Rio de Janeiro: Atheneu, 2010.

CARRARO, G. Agrotóxico e Meio Ambiente: Uma Proposta de Ensino de Ciências e Química. Série Química e Meio Ambiente. Porto Alegre: UFRGS, 1997.

CASTILHOS JÚNIOR, A. B. (Ed.) Resíduos Sólidos Urbanos: aterro sustentável para municípios de pequeno porte. Florianópolis: Editora Rima Artes e Textos, 2003.

CISCATO, C. H. P. Resíduos de praguicidas em amostras de ovo comercializadas na cidade de São Paulo. 2008. Tese (Doutorado em Patologia Experimental e Comparada) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

CLARO, R. M.; CARMO, H. C. E.; MACHADO, F. M. S.; Monteiro, C. A. Renda, preço dos alimentos e participação de frutas e hortaliças na dieta. Revista de Saúde Pública, v. 41, p.1-8, 2007.

COLLE, C. L.; ROSSI, F. L. Aplicação de Equações Diferenciais na Teoria de Malthus (Adaptado). Disponível em: <http://hermes.ucs.br/ccet/deme/emsoares/ eqdif/restrito/trabalhos/trab10.pdf>. Acesso em: 15 jan. 2012.

CONCEIÇÃO, M. Z. Segurança nas aplicações de herbicidas. In: Anais Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas. Foz do Iguaçu: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas, 2000.

COUTINHO, C. F. B.; TANIMOTO, S. T.; GALLI, A.; GARBELLINI, G. S.; TAKAYAMA, M.; AMARAL, R. B.; MAZO, L. H.; AVACA, L. A.; MACHADO, S. A. S. Pesticidas: mecanismo de ação, degradação e toxidez. Pesticidas: Revista de Ecotoxicologia e Meio Ambiente, v. 15, p. 65-72, 2005.

DAMALAS, C. A.; ELEFTHEROHORINOS, I. G. Pesticide exposure, safety issues, and risk assessment indicators. International Journal of Environmental Research and Public Health, v. 8, p. 1402-1419, 2011.

DAMIN, V. Biodegradação, sorção e dessorção do herbicida 14C-Diuron em dois latossolos tratados com lodo de esgoto. 2005. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - USP, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

DAMS, R. I. Pesticidas: Usos e perigos à saúde e ao meio ambiente. Revista Saúde e Ambiente, v. 7, p. 37-44, 2006.

DIREITO, I. C. N.; FIGUEIRÓ, R.; FLORES, V. R. Impactos dos Pesticidas na Saúde Ambiental e na Saúde Humana. In: FIGUEIRÓ, R. (org.) Saúde & Ambiente: da Educação Ambiental à Ecologia de Doenças. Volta Redonda: FOA, 2012. p. 39-49.

FALLER, A. L. K.; FIALHO, E. Disponibilidade de polifenóis em frutas e hortaliças consumidas no Brasil. Revista de Saúde Pública, v. 43, p. 211-218, 2009.

FARIA, N. M. X.; FACCHINI, L. A.; FASSA, A. G.; TOMASI, E. Trabalho rural e intoxicações por agrotóxicos. Cadernos de Saúde Pública, v. 20, p. 1298-1308, 2004.

FEDERATION OF AMERICAN SCIENTISTS. National Programs Prior to and During World War II. 2006. Disponível em: <http://www.fas.org/bwc/papers/review/wwii.htm>. Acesso em 15 mai. 2010.

FERNANDES NETO, M. L.; SARCINELLI, P. N. Agrotóxicos em água para consumo humano: uma abordagem de avaliação de risco e contribuição ao processo de atualização da legislação brasileira. Engenharia Sanitária Ambiental, v.14, p. 69-78, 2009.

FIGUEIREDO, I. C. R.; JAIME, P. C.; MONTEIRO, C. A. Fatores associados ao consumo de frutas, legumes e verdura em adultos da cidade de São Paulo. Revista de Saúde Pública, v. 42, p. 30-36, 2008.

FLORES, A. V.; RIBEIRO, J. N.; NEVES, A. A.; QUEIROZ, E. L. R. Organoclorados: um problema de saúde pública. Ambiente & Sociedade, v. 7, p. 111-124, 2004.

FORTES NETO, P.; FORTES, N. L. P.; SILVA, E. M. A. M.; BRAMBATTI, F.; SILVA, C. R. A qualidade do solo medida pela liberação de CO2 e pelo número de bactérias e fungos num solo fertilizado com composto de lodo de esgoto. In: Anais do IX Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, 2012.

FRUMKIN, H. Agent orange and Cancer: An Overwiew for clinicians. Environmental Carcinogens, v. 153, p. 245-255, 2003.

GAYLARD, C. C.; BELLINASO, M. D. L.; MONFIO, G. P. Biorremediação: Aspectos biológicos e técnicos da biorremediação de xenobióticos. Biotecnologia Ciência e Desenvolvimento, v. 34, p. 36-43, 2005.

GEBLER, L. Banco de Informações Ambientais e Toxicológicas dos Agrotóxicos Utilizados até a Safra 2002/2003 na Produção Integrada de Maçãs no Brasil. Circular Técnica Embrapa Uva e Vinho, v. 48, p. 1–20, 2004.

GOMES, F. S. Frutas, legumes e verduras: recomendações técnicas versus constructos sociais. Revista de Nutrição, v. 20, p. 669-680, 2007.

GONZALEZ, M.; MIGLIORANZA, K. S. B.; AIZOUN DE MORENO, J. E.; MORENO, V. J. Evaluation of conventionally and organically produced vegetables for high lipophilic organochlorine pesticide (OCP) residues. Food and Chemical Toxicology, v. 43, p. 261-269, 2005.

GREGORICH, E. G.; MONREAL, C. M.; CARTER, M. R.; ANGERS, D. A.; ELLERT, B. H. Towards a minimum data set to asses soil organic matter quality in agricultural soils. Canadian Journal of Soil Science, v. 74, p.367-385, 1994.

GUEDES, S. F. Estudo da biodegradação do ácido 2,4-diclorofenoxiacético, um herbicida selectivo amplamente utilizado na agricultura, por uma estirpe de Penicillium. 2010. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Hidrosfera) Faculdade de Ciências e Tecnologia, Monte da Caparica, 2010.

HE, Y.; XU, J.; TANG, C.; Wu, Y. Facilitation of pentachlorophenol degradation in the rhizosphere of ryegrass (Lolium perenne L.). Soil Biology and Biochemistry, v. 37. p. 2017-2024, 2005.

HOBBELINK, H. Biotecnologia, muito além da Revolução Verde. Desafio ou desastre? Porto Alegre: RIOCELL, 1987.

IBGE. Indicadores de desenvolvimento sustentável. Estudos e Pesquisa - Informação Geográfica, n. 7, Rio de Janeiro, 2010.

IBGE. Produção Agrícola Municipal (PAM), 2005. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/pam/2005/default.shtm>. Acesso em 13 mai. 2012.

JAIME, P. C.; MACHADO F. M. S.; WESTPHAL M. F.; MONTEIRO C. A. Educação nutricional e consumo de frutas e hortaliças: ensaio comunitário controlado. Revista de Saúde pública, v. 41, p.154-157, 2007.

JOSÉA, L.; SÁNCHEZ-BRUNETEA, C.; ALBEROA, B.; GONZÁLEZA, L. Analysis of pesticide residues in juice and beverages. Critical Reviews in Analytical Chemistry, v. 34. p. 121-131, 2004.

KEIFER, M.; MAHURIN, R. Chronic neurological effects of pesticides overexposure. Occupational Medicine, v. 12. p. 291-304, 1997.

LIMA, U. A.; AQUARONE, E.; BORZANI, W.; SCHMIDELL, W. Biotecnologia industrial. Processos Fermentativos e Enzimáticos. Editora Edgard Blücher Ltda., v. 3, 2001.

LONDON, L.; NELL, V.; THOMPSON, M.-L.; MYERS, J. E. Effects of long-term organophosphate exposure on neurological symptoms, vibration sense and tremor among South African farmer workers. Scandinavian Journal of Work, Environment Health, v. 24, p. 18-29, 1998.

LONDRES, F. Agrotóxicos no Brasil: um guia para ação em defesa da vida. Rio de Janeiro: AS-PTA – Assessoria e Serviços a Projetos em Agricultura Alternativa, Rio de Janeiro, 2011.

LUCCHESE, G. Agrotóxicos: Construção da Legislação. Brasília: Câmara dos Deputados, 2005.

MAFRA, A. L.; MIKLÓS, A. W. Pesticidas agrícolas e suas inconveniências ambientais: coletânea bibliográfica. In: 3a Conferência Brasileira de Agricultura Biodinâmica. A Agroecologia em perspectiva. Anais. Piracicaba, São Paulo, p.231-274, 1998.

MELO, L. H. Importância Das Frutas E Hortaliças Na Promoção Da Saúde. 2009. Disponível em <http://www.artigonal.com/nutricao-artigos/importancia-das-frutas-e-hortalicas-na-promocao-da-saude-1551323.html.> Acesso em 12 mai 2012.

MELO, P. C. T.; VILELA, N. J. Importância da cadeia produtiva brasileira de hortaliças. Palestra apresenta pelo 1º autor na 13ª Reunião Ordinária da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Hortaliças / MAPA Brasília, DF - 2007.

MIRANDA, A. C.; MOREIRA, J. C.; CARVALHO, R.; PERES, F. Neoliberalismo, uso de agrotóxicos e a crise da soberania alimentar no Brasil. Ciências da Saúde Coletiva, v.12, p. 7-14, 2007.

MISHRA, S.; JYOT, J.; KUHAD, R. C.; LAL, B. Evaluation of inoculum addition to stimulate in situ bioremediation of oily-sludge-contaminated soil. Applied and Environmental Microbiology, v.67, p.1675-1681, 2001.

MONTEIRO, C. A.; MONDINI, L.; COSTA. R. B. L. Mudanças na composição e adequação nutricional da dieta familiar nas áreas metropolitanas do Brasil. Revista de Saúde Pública, v. 34, p. 351-358, 2000.

MOREIRA, J. C.; JACOB, S. C.; PERES, F.; LIMA, J. S.; MEYER, A.; OLIVEIRA-SILVA, J. J.; SARCINELLI, P. N.; BATISTA, D. F.; EGLER, M.; FARIA, M. V. C.; ARAÚJO, A. J.; KUBOTA, A. H.; SOARES, M. O.; ALVES, S. R.; MOURA, C. M.; CURI, R. Avaliação integrada do impacto do uso de agrotóxicos sobre a saúde humana em uma comunidade agrícola de Nova Friburgo, RJ. Ciência e Saúde Coletiva, v. 2, p. 299-311, 2002.

OLIVEIRA, S. D.; LEMOS, J. L. S.; BARROS, C. A.; LEITE, S. G. F. Emprego de Fungos Filamentosos na Biorremediação de Solos Contaminados por Petróleo: Estado da Arte. Série tecnologia ambiental. Rio de Janeiro: CETEM, 2008.

OLIVEIRA-SILVA, J. J.; ALVES, S. R.; INACIO, A. F.; MEYER, A.; MOREIRA, J. C.; SARCINELLI, P. N.; MATTOS, R. C.; FERREIRA, M. F.; CUNHA, J. C.; MOREIRA, J. C. Cholinesterase activities determination in frozen blood samples: An improvement to the occupational monitoring in developing countries. Human & Experimental Toxicology, v. 19, p.173-177, 2000.

PARA – Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos. Relatório de Atividades de 2001 – 2007. Brasília: ANVISA, 2008.

PARA – Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos. Nota Técnica para divulgação dos resultados do PARA de 2008. Brasília: ANVISA, 2009.

PARA – Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos. Relatório de Atividades de 2009. Brasília: ANVISA, 2010.

PARA – Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos. Relatório de Atividades de 2010. Brasília: ANVISA, 2011.

REGITANO, J. B.; BONFLEUR, E. J. Pesticides residues in the environment: processes. In: Anais do II Simpósio Internacional sobre Gerenciamento de Resíduos Agropecuários e Agroindustriais – II SIGERA 15 a 17 de março de 2011 - Foz do Iguaçu, PR. Volume I – Palestras.

RODRIGUES, N. R.; ANDRIETTA, M. G. S.; ANDRIETTA, S. R.; SANTOS, P. E.R. Biodegradação do diclosulam por bactérias isoladas de solos cultivados com soja. Planta Daninha, v. 28, p. 393-400, 2010.

SANTISTEBAN, A. M. G. Caracterização do ácido húmico extrído de vermicomposto e estudo de adsorção/dessorção deste e outras matrizes com o herbicida atrazina. 1999. Dissertação (Mestrado em Química) Universidade de São Paulo, São Carlos, 1999.

SANTOS, A. S. R.; Biodiversidade, Bioprospecção, Conhecimento tradicional e futuro da vida. Centro de Computação da Unicamp. Disponivel em: <http://www.ccuec.unicamp.br/revista/infotec/artigos/silveira.html>. Acesso em 14 mar. 2011.

SILVA, M. A.; MELO E SOUZA, R.; SOUZA, R. R. Biodegradação de resíduos agrícolas como alternativa à redução de riscos ambientais no semi-árido sergipano. In: Anais do II Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade, 26 a 29 de maio de 2004 - Indaiatuba – SP.

SILVA, T. L. A. O Brasil Envenenado: Alimentos Para a Vida ou Para a Morte? Disponível em: <http://racismoambiental.net.br/2012/06/o-brasil-envenenado-alimentos-para-a-vida-ou-para-a-morte/>. Acesso em 30 jul. 2012.

SINDAG - SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DE PRODUTOS PARA DEFESA AGRÍCOLA - 2010. Disponível em: <http://www.sindag.com.br>. Acesso em 25 jul. 2011.

TANGRI, N. Waste Incineration: A Dying Technology, Philippines: Global Anti-Incinerator Alliance/ Global Alliance for Incinerator Alternatives (GAIA), 2003. Disponível em <http://www.no-burn.org/downloads/Waste%20Incineration%20-%20A%20Dying%20Technology .pdf>. Acesso em 10 ago. 2011.

TRIGUEIRO, M. Bioprospecção; uma nova fronteira da sociedade. Disponivel em: <http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=Bioprospec%C3%A7%C3%A3o %3B+uma+nova+fronteira+da+sociedade&source=web&cd=1&cad=rja&ved=0CCwQFjAA&url=http%3A%2F%2Fxa.yimg.com%2Fkq%2Fgroups%2F23196723%2F1149673886%2Fname%2Fartigo%2BMichelangelo.pdf&ei=hwMgUoz0FoTe8ATx0YGwCw&usg=AFQjCNHSKR84ZlN_rX5awwlUtWNlTOdHuA&bvm=bv.51495398,d.eWU>. Acesso em 18 abr. 2012.

USEPA - ENVIRONMENTAL PROTECTION AGENCY – U.S. Assessing UST corrective action technologies: early screening of clean-up technologies for the saturated zone. USA: USEPA, 1990.

VALLA, V. V. Procurando compreender a fala das classes populares. In: VALLA, V. V. (Org.). Saúde e educação. Rio de Janeiro: DP&A, 2000. p. 11-32.

VEIGA, M. M. Agrotóxicos: eficiência econômica e injustiça socioambiental. Ciência & Saúde Coletiva [online], v. 12, p. 145-152, 2007.

VIEIRA, E. M.; PRADO, A. G. S.; LANDGRAF, M. D.; REZENDE, M. O. O. Estudo da adsorção/dessorção do ácido 2,4-diclorofenoxiacético (2,4-D) em solo na ausência e presença de matéria orgânica. Química Nova, v. 22, p. 305-308, 1999.

YANG, C. F.; LEE, C. M.; WANG, C. C. Isolation and physiological characterization of the pentachorolophenol degrading bacterium Sphingomonas chlorophenolica. Chemosphere, v. 62, p. 709-714, 2006.

Downloads

Publicado

2014-04-10

Edição

Seção

Ciências Biológicas e da Saúde

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)