O papel da nutrição no processo reabilitatório de dependentes de álcool

Autores

  • Camila Dias Barbosa Graduada em Nutrição pelo Centro Universitário de Volta Redonda UniFOA
  • Célia Cristina Diogo Ferreira Nutricionista, Mestre em Nutrição Humana pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, docente do Curso de Nutrição do Centro Universitário de Volta Redonda UniFOA

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v6.n1esp.1225

Palavras-chave:

Álcool Nutrição Estado Nutricional Alcoolismo

Resumo

Pacientes com problemas de alcoolismo apresentam estado nutricional e hábito alimentar inadequados. Este estudo objetivou identificar o papel da nutrição no processo reabilitatório de alcoólicos frequentadores assíduos do Centro Psicossocial de Volta Redonda (CAPS AD II). A amostra foi constituída por 50 indivíduos. Utilizou-se questionário para levantamento dos dados relacionados à alimentação dos dependentes antes e após o uso crônico do álcool. Houve maior prevalência de indivíduos alcoolistas adultos, do sexo masculino, com baixo nível de escolaridade e renda. O início do hábito de beber ocorreu principalmente na adolescência, sendo a cachaça a bebida predominante. De acordo com o Índice de Massa Corporal encontrou-se 26% dos dependentes com sobrepeso, 12% com obesidade e 10% com desnutrição. Os entrevistados relataram hábitos alimentares inadequados durante a fase de consumo de álcool, com melhora da alimentação no período de tratamento. Recomenda-se uma alimentação equilibrada e orientações nutricionais por um nutricionista para melhorar o estado nutricional desses dependentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVAREZ A.A. Representation social del alcoholismo de personas alcohólicas. Revista Psicologia em Estudo, v. 9, p. 151-162, 2004.

AMARAL R.A., MALBERGIER A. Avaliação de instrumento de detecção de problemas relacionados ao uso do álcool (CAGE) entre trabalhadores da Prefeitura do Campus da Universidade de São Paulo (USP) – Campus Capital. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 26, p. 156- 163, 2004.

BASTOS F.L, BERTONI N., HACKER M.A. Consumo de álcool e drogas: principais achados de pesquisa de âmbito nacional, Brasil 2005. Revista de Saúde Pública, v. 42, p. 109-117, 2008.

BECKER A.P., SCHWENGBER C., CARDOZO C., MEDEIROS M., WECHENFELDER W.J. Drogas e Drogadição [Dissertação]. [Santa Cruz do Sul (RS)]: Universidade de Santa Cruz do Sul; 2004. 36 p.

BUNING E., GORGULHO M., MELCOP A.G., O’HARE P. Álcool e redução de danos: uma abordagem inovadora para países em transição - Ministério da Saúde.1.ª ed. Comunicação e Educação em Saúde. Brasília, 2004.

BURGOS M.G.P.A., MEDEIROS M.C., BION F.M., PESSOA D.C.N.P. Efeitos de bebidas alcoólicas em mães lactantes e suas repercussões na prole. Revista Brasileira Saúde Materno Infantil, v. 2, p. 129-135, 2002.

COSTA J.S.D., SILVEIRA M.F., GAZALLE F.K., OLIVEIRA S.S., HALLAL P.C., MENEZES A.M.B., GIGANTE D.P., OLINTO M.T.A., MACEDO S. Consumo abusivo de álcool e fatores associados: estudo de base populacional. Revista de Saúde Pública, v. 38, p. 284-291, 2004.

CUPPARI L. Doenças hepáticas. In: CUPPARI,L. Nutrição clínica no adulto. 2 ed. São Paulo: Manole; 2002. p. 289-317

DIAS A.P. Estado nutricional de indivíduos alcoolistas crônicos na internação e na alta médica, em um hospital psiquiátrico, Araçatuba, S.P. [Dissertação]. [Araraquara (SP)]: Universidade Estadual Paulista; 2007. 84 p.

DIAS A.P., CAMPOS J.A.D.B., FARIA J.B. Indicadores antropométricos do estado nutricional em alcoolistas crônicos na internação e na alta médica. Alimentos e Nutrição, v. 17,p. 181-188, 2006.

DUAILIBI S.; LARANJEIRA R.. Políticas públicas relacionadas às bebidas alcoólicas. Revista de Saúde Pública, v. 41, p. 839-848, 2007.

DUNCAN B.D., SCHMIDT M.I., GIUGLIANI E.R.J. Medicina ambulatorial. Porto Alegre: Artmed; 2002.p. 539-50.

FIGLIE N,B,, BORDIN S,, LARANJEIRA R. Álcool.In: FLIGIE N.B.Aconselhamento em dependência química. São Paulo: Roca; 2010. cap.3, p. 31-51

INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER - Organização Mundial da Saúde. Inquérito Domiciliar sobre Comportamentos de Risco e Morbidade Referida de Doenças e Agravos não Transmissíveis. Brasil, 15 capitais e Distrito Federal, 2002–2003.

KACHANI A.T.; BRASILIANO S.; HOCHGRAF P.B. O impacto do consumo alcoólico no ganho de peso. Revista de Psiquiatria Clínica, v. 35, p.21-24, 2008.

MAIO R, DICHI J.B., BURINI R.C. Implicações do alcoolismo e da doença hepática crônica sobre o metabolismo de micronutrientes. Arquivos de. Gastroenterologia, v. 37, p.120-124, 2000.

MAIO R., DICHI J.B., BURINI R.C. Consequências nutricionais das alterações metabólicas dos macronutrientes na doença hepática crônica. Arquivos de Gastroenterologia, v.37, p. 52-57, 2000.

MICRONI A.S.C., SANTOS F.G., TANNUS H., SANTANA J.S., MOREIRA P.A.S, BARROS R.S., PENAA J.B.R., TAKANOHASHI T. Estudo do uso e contato com substâncias alcoólicas por acadêmicos da UnUCET da UEG-GO em Anápolis [Dissertação]. [Anápolis (GO)]: Universidade Estadual de Goiás; 2006. 7 p.

MORAIS S.M., CAVALCANTI E.S.B., COSTA S.M.O., AGUIAR L.A. Ação antioxidante de chás e condimentos de grande consumo. Revista Brasileira de Farmacognosia, v. 19, p. 315-320, 2009.

MORENO O., CORTÉS JR. Nutrición y alcoholismo crônico. Nutricion Hospitalaria, v 23, p. 3-7, 2008.

NASCIMENTO E.C, NASCIMENTO E, SILVA J.P. Uso de álcool e anfetaminas entre caminhoneiros de estrada. Revista de Saúde Pública, v. 41, n. 290-293, 2007.

OLIVEIRA E.R.N., MARIN I.C., FERRUZZI L., TENÓRIO M.F.S., TRINDADE E.E. Avaliação dos hábitos alimentares e dos dados antropométricos de dependentes químicos. Arquivos de Ciências da Saúde Unipar, v. 9, p. 91- 96, 2005.

ROMEO J., DÍAZ L., GROSS M.G., WÄRNBERG J., MARCOS A. Contribución a la ingesta de macro y micronutrientes que ejerce um consumo moderado de cerveza. Nutricion Hospitalaria, v. 21, p. 84-91, 2006.

SCHLICHTING S.; BOOG M.C.F.; CAMPOS C.J.G. Almoço como momento terapêutico: uma abordagem de educação em saúde com mulheres alcoolistas. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v.15, p.384-390, 2007.

SILVA, V.A. Ambiente e Desenvolvimento: Efeitos do álcool etílico e da desnutrição. Revista Mundo e Vida, v. 1, p. 21-27, 2000.

SOUZA D.P.O., ARECO K.N., FILHO D.X.S. Alcohol and alcoholism among Brazilian adolescent public-school students. Revista de Saúde Pública, v. 39, p. 585-592, 2005.

STRAUCH E.S., PINHEIRO R.T., SILVA R.A., HORTA B.L. Alcohol use among adolescents: a population based study. Revista de Saúde Pública, v. 43, p. 647-655, 2009.

VALLADOLID G.B., CARRASCO J.S. Patología orgânica relacionada com el consumo de alcohol; In: GUAL, A. Guia prática de intervención em el alcoholismo. Madrid: Nilo; 2000. cap. 6, p. 115-133.

WANNAMETHEE S.G., SHAPER A.G. Alcohol, body weight, and weight gain in middle-aged men. American Journal of Clinical Nutrition, v. 77, p. 12–17, 2003.

Downloads

Publicado

05-04-2017

Como Citar

BARBOSA, C. D.; FERREIRA, C. C. D. O papel da nutrição no processo reabilitatório de dependentes de álcool. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 6, n. 1esp, p. 89–101, 2017. DOI: 10.47385/cadunifoa.v6.n1esp.1225. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/1225. Acesso em: 12 ago. 2022.

Edição

Seção

Especial Nutrição