Influência da preparação psicológica na performance esportiva

Autores

  • Luiz Gustavo Cadinelli Ribeiro Curso de Educação Física-Centro Universitário de Volta Redonda – End. Correspondência: Rua Santa Catarina Nº42, PARAÍSO, RESENDE-RJ.
  • Rafael Pietro Garcia Baptista

Palavras-chave:

Treinamento psicológico. Influencia.

Resumo

Segundo Samulski (2002) cabe ao psicólogo do esporte ampliar as habilidades psicológicas, estabilizar o comportamento emocional e otimizar o processo de reabilitação, por meio da aplicação de técnicas de treinamento psicológico. Diante desta afirmação o trabalho vem revisar qual a influencia da preparação psicológica na performance esportiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BOMPA, T. O. Periodização: Teoria e metodologia do treinamento. 4. ed. São Paulo. Phorte, 2002.

BUCETA, J.M. Cuestiones actuales en la aplicación de la psicologia al deporte de competición. Barcelona: Universidad Nacional de Educación a Distancia, 2003.

CERNIKOVA, O., DASKEVIC. O. A atividade de auto-regulação dos estados emocionais do atleta. Teoria prática da cultura física. Berlin: Science 187, 1972.

DANTAS, Estélio H. M. A pratica da preparação física. 3ª edição. Rio de Janeiro: Shape, 1995.

FIGUEIREDO, S. H. Variáveis que interferem no desempenho do atleta de alto rendimento. Em: RUBIO, K. Psicologia do esporte: Interface, Pesquisa e intervenção. São Paulo: Casa do Psicológo, 2000.

GENOVA. E. Mudança de algumas funções mentais em atletas de atletismo durante a recuperação, sob a influência do treinamento autogeno. Berlin: Science 187, 1972.

GUEDES. C. Fatores psicológicos e a influencia no rendimento de voleibolistas. EFDeportes.com, Revista Digital, n .77. São Paulo, 2009.

JUDADOV. N. Fundamentos da preparação psicológica do esportista. São Paulo: Editorial Planeta, 1990.

MARTIN. G.L. Sport Psychology consulting: pratical guidelines from behavioranalysis. University of manitoba,1996

MATTOS. M. Teoria e prática da metodologia da pesquisa em educação física: construindo seu trabalho acadêmico: monografia, artigo cientifico e projeto de ação. São Paulo: Phorte, 2004.

MATVEEV. L. P. Teoria e a metodologia da cultura física : manual para os institutos da cultura física. Moscou: Fizcultura y Sport, 1991.

ROSA. K. Treinamento Autógeno. Munique: Kindler Verlag, 1973.

SAMULSKI. D. M. Psicologia do esporte: manual para a educação física, psicologia e fisioterapia. São Paulo: Monole, 2002.

SANTOS. S., SHIGUNOV. V. Suporte psicológico ao atleta: uma necessidade “teórica” que precisa ser aplicada. Tese pela Universidade Federal de Santa Catarina, 2000.

TUBINO. M. Metodologia cientifica do treinamento desportivo. Rio de Janeiro: Shape, 2003.

WEINBERG, R.S, GOULD.D. Fundamentos da psicologia do esporte e do exercício. Porto Alegre: Artmed, 2001.

WEINECK. J. Treinamento Ideal: Instruções técnicas sobre o desempenho fisiológico incluindo considerações especificas de treinamento infantil e juvenil. São Paulo: Manole, 2003.

ZIMBARDO. G., GERRIG. J . A psicologia e a vida. Porto Alegre: Artmed, 2005.

Downloads

Publicado

2018-06-04