“Isso são horas...???”: um novo caso para o jogo Didático célula adentro

Autores

  • T. F. Silva UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • P. R. Amoretty UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.1747

Palavras-chave:

jogo didático, célula adentro, relógio, Aedes aegypti

Resumo

A utilização de jogos didáticos no processo ensino-aprendizagem tem se mostrado uma forma eficiente de construção do conhecimento, visto que os alunos mostram boa receptividade, entusiasmo e se tornam mais ativos, apresentando resultados e discutindo ideias. Além disso, os jogos favorecem o trabalho em equipe, desenvolvem a criatividade pela elaboração de uma solução para o problema proposto, e desta forma contribuem para uma aprendizagem mais eficaz. Nesse contexto, foi desenvolvido o jogo didático Célula Adentro que desafia os estudantes a coletar, discutir e interpretar pistas com questões científicas. O jogo têm início com a leitura do Caso, que corresponde a uma questão que deve ser solucionada pelos alunos. Cada caso possui 10 cartões de pistas que só serão fornecidas à equipe que ingressar em cada um dos 10 compartimentos da célula destacados no tabuleiro. Juntando e discutindo as pistas, cada equipe deverá elaborar a resposta baseada nas evidências científicas contidas nos cartões de pistas. O novo caso “Isso são horas...???” tem inicio com uma breve explicação sobre o relógio circadiano e apresenta uma situação fictícia sobre o encontro do mosquito com o hospedeiro humano, no final da ficha do caso o aluno encontrará duas perguntas. Para respondê-las utilizarão as dez pistas, que contêm resultados reais de experimentos científicos, que devem ser interpretados de forma correta. A elaboração do novo Caso “O relógio do Mosquito” tem por objetivo trabalhar os conceitos de transcrição, tradução, regulação da expressão gênica, taxonomia entre outros. Embora seja um jogo planejado para uso tanto no ensino médio quanto no superior, apenas cinco casos foram elaborados até o momento, portanto, o desenvolvimento de novos casos para o jogo Célula Adentro pode contribuir para aprimorar essa importante ferramenta de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-10-2012

Como Citar

SILVA, T. F.; AMORETTY, P. R. “Isso são horas...???”: um novo caso para o jogo Didático célula adentro. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 7, n. 1 Esp, p. 52, 2012. DOI: 10.47385/cadunifoa.v7.n1 Esp.1747. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/1747. Acesso em: 3 out. 2022.