Alergia látex fruta em profissionais da área de enfermagem em um hospital de Barra do Piraí-RJ

Autores

  • C. S. F. Teixeira UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda
  • M. L. G. Saron UniFOA - Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.1777

Palavras-chave:

hipersensibilidade alimentar, látex-fruta

Resumo

A hipersensibilidade para alguns gêneros alimentícios em indivíduos alérgicos ao látex tem sido confirmada na literatura. Este estudo teve como objetivo relacionar o uso de luvas à base de látex em profissionais da área de enfermagem com alergia as frutas que contém este componente. O estudo foi transversal feito em um Hospital de Barra do Pirai-RJ, com 30 mulheres da área de enfermagem por meio da aplicação de um questionário. O projeto foi aprovado pelo CoEPs do Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA. Os resultados mostraram que a média de idade das participantes foi 37,33 anos e 56,7% utilizam as luvas por menos de 3 horas por dia. Os sinais e/ou sintomas de alergia a alimentos foram relatados por 20% das participantes e 83,3% relataram a alergia a látex. Os alimentos alérgicos relatados nesta pesquisa foram abacaxi (16,7%), kiwi (3,3%) e tomate (3,3%). Pode concluir que houve baixa prevalência a alergia látex e látex-fruta pelos profissionais da área de enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)