Avaliação do nível de conhecimento dos discentes de enfermagem com relação à dor

Autores

  • A. A. Pinto UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • E. A. S. Costa UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • I. S. Fernandes UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • M. S. Pereira UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.1801

Palavras-chave:

dor, conhecimento, acadêmico de enfermagem

Resumo

A dor é uma sensação de grande desconforto e multifatorial geralmente associada ou influenciada a uma lesão, patologia ou mesmo a um estado físico ou mental, sendo que cada um relata, reage e caracteriza sua dor de acordo com experiências já vivenciadas. Essa pesquisa teve como objetivo caracterizar o nível de conhecimento que os discentes apresentam sobre dor; e determinar os fatores que são avaliados pelo mesmo sobre o tema. Utilizamos um estudo exploratório e descritivo através de um questionário semiestruturado com 150 acadêmicos de enfermagem de quatro períodos de graduação de uma faculdade do interior do Estado do Rio de Janeiro. Identificamos que todos os participantes possuem conhecimentos sobre dor. Os discentes demonstram também saber avaliá-la e opinam que os sinais mais observados num cliente com essa sensação são alteração na expressão facial, inquietação e irritabilidade. Entretanto a queixa do paciente, sua localização no corpo humano e a intensidade da dor, são fatores primordiais que o enfermeiro deve estar atento para a elaboração do plano assistencial. Concluímos que o conhecimento dos acadêmicos de enfermagem apresenta uma variabilidade com um crescimento progressivo no decorrer dos períodos analisados, correlacionando-os ao que se espera numa formação profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)