Insuficiência Renal Crônica: diagnóstico e prevenção

Autores

  • R. P. S. Alcoba UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • F. S. C. Martins UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.1930

Palavras-chave:

crônica, insuficiência renal, diagnóstico, prevenção

Resumo

A Insuficiência Renal Crônica (IRC) é uma doença que atualmente causa um desfalque
de quase 1,4 bilhões de reais a saúde publica no Brasil, sendo caracterizada pela perda
progressiva e irrecuperável da função renal, motivo esse que a torna uma doença
silenciosa e mortal, pois quando os seus sinais e sintomas se tornam aparentes o enfermo
já apresenta uma evolução de longa data culminando na necessidade, quase sempre, de
uma Terapia Renal Substitutiva. Geralmente a IRC apresenta-se como um efeito de outras
doenças crônicas com a Hipertensão Arterial Sistêmica e a Diabetes Melitus, patologias
que causam angiopatia e lesão renal observando a definição anteriormente dita e como
as prevalências dessas injúrias são muito altas em nosso país elas se tornam um fator que
aumenta o numero de pacientes acometidos pela doença renal crônica. Esse artigo foi
feito com base em publicações recentes sobre o assunto tendo como objetivo aperfeiçoar
o diagnostico dessa doença e instruir os profissionais da saúde sobre as formas de
prevenção da mesma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30