Proposta de articulação ensino-serviço em enfermagem

Autores

  • L. H. Loureiro UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, CESVA/FAA- Centro de Ensino Superior de Valença
  • A. Costa-Filho UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ. CESVA/FAA- Centro de Ensino Superior de Valença
  • M. R. Braz UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ. CESVA/FAA- Centro de Ensino Superior de Valença

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.1998

Palavras-chave:

ensino em serviço, enfermagem, gerência, estratégia saúde da família

Resumo

O presente estudo trata da capacitação de acadêmicos do 8º período do curso de graduação em enfermagem para análise crítica e criativa, sobre os instrumentos de suporte para tomada de decisão em Saúde, possibilitando aos futuros enfermeiros, no âmbito gerencial, atender ao planejamento das atividades desenvolvidas pelos profissionais que atuam na Estratégia Saúde da Família (ESF). Como objetivos identificar a necessidade de composição das equipes de saúde à luz de dados epidemiológicos; caracterizar a capacidade instalada das unidades de ESF para atendimento ao usuário; implantar agendamento de consultas na Atenção Básica e correlacionar oferta e demanda de atendimentos especializados na ESF. Trata-se de um estudo quantitativo, prospectivo e exploratório. A amostra aleatória foi composta por um n de 30 acadêmicos do curso de graduação em enfermagem, do 8º período, selecionados no estágio da disciplina de Gerência em Saúde Coletiva. O estudo foi realizado no Distrito Sanitário Norte do Município de Volta Redonda/RJ. Os acadêmicos foram treinados a preencherem um kit composto por quatro planilhas. Esse material subsidia a agenda da unidade da ESF. Como resultados, 62% dos acadêmicos encontraram dificuldades no preenchimento das planilhas, e que a dificuldade apresentada estava na falta de prática e de conhecimento especifico; 23% responderam que após a explicação do objetivo da planilha, não houve dificuldade no preenchimento e elas são de fácil entendimento; 15% responderam a pergunta com resposta incoerente. Ao analisarmos quais as contribuições das planilhas para o gerenciamento de serviços de saúde, observamos que 100% dos alunos responderam que as planilhas simplificam o serviço As planilhas, utilizadas como ferramenta didático-pedagógicas para fixação e revisão de conteúdos de gerência, produz resultados significativamente eficazes, contribuindo para a apropriação de conhecimentos dos acadêmicos de enfermagem na gerencia das unidades da ESF.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>