Programa saúde na escola: educação do século XXI

Autores

  • A. S. Pinheiro UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • V. Vieira UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.2074

Palavras-chave:

saúde, educação, cidadania, políticas públicas pedagógicas

Resumo

O estudo propõe uma investigação dos fatores quanto às resistências ou não, dos profissionais de educação, ao Programa Saúde na Escola – PSE. O Governo Federal instituiu este programa em 2007, implementando ações compactuadas nos municípios, dentro dos processos participativos integrados ao Projeto Político Pedagógico, constituinte da ação interministerial em parceria com a UNESCO, UNICEF E UNFPA, enfatizando o aprendizado da cidadania. O PSE visa à articulação e integração permanente da Educação e Saúde, por meio da promoção, prevenção e atenção à saúde, em diagnóstico local, contando com o ambiente privilegiado do contexto escolar. Dentre os desafios das escolas, é mister a questão sócio-cultural dos educandos, as diversas dimensões dos saberes para dar conta do cenário educacional do mundo atual. A busca deste estudo dar-se-á de forma reflexiva à luz da experiência do Município de Piraí. Este município desenvolve o programa desde 2010, inovando a representação da política de saúde e educação, por meio de cursos de capacitação, monitoramento e a formação permanente dos profissionais em Educação. Nos processos de monitoramento, participo como Coordenadora do PSE pela Secretaria Municipal de Educação. O referido município amplia as ações executadas pelos sistemas da atenção integral à saúde de criança e adolescente, através da promoção dos saberes por toda comunidade escolar no controle social de política pública. Sendo assim, nosso objeto de estudo é decorrer sobre a eficácia das ações propostas, verificando como profissionais de educação e saúde lidam com o referido programa. Buscamos analisar, por meio de entrevistas e questionários de todos os atores envolvidos (secretários, GTI, PSF e Escola), se existem lacunas de entendimento entre as esferas e o desenvolvimento efetivo do programa e/ou resistência com o mesmo. Desta forma, será proposto como produto uma capacitação que possa atender a demanda saúde e educação para gerenciar e realizar o PSE em seu verdadeiro sentido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30