Projeto Rondon e relato social: a vida de pescadores na cidade de Primavera/PA

Autores

  • A. C. Dias UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • C. C. Barros UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • M. Andrade UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • M. A. R. Andrade UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.2077

Palavras-chave:

Projeto Rondon, pesca, Primavera, etnográfica

Resumo

O Projeto Rondon é uma ação do Governo Federal, coordenada pelo Ministério da Defesa, que tem por fim viabilizar a participação do estudante universitário nos processos de desenvolvimento local sustentável e de fortalecimento da cidadania. A Operação Açaí foi desenvolvida no Estado do Pará, no mês de julho do ano de 2012 e situada na cidade de Primavera, nordeste do estado. Na busca de conhecer suas características, bem como, cultura, economia e outras vocações, foi estudado e pesquisado etnograficamente a situação pesqueira da cidade em questão. O município de Primavera destaca-se na região Bragantina como um produtor de pescado, atividade que envolve um número considerável da população de baixa renda local, desenvolvida predominantemente de forma artesanal. A presente pesquisa consiste em uma Pesquisa qualitativa, pesquisa etnográfica que tem por objetivo a compreensão da cultura de um grupo de pessoas e entender os motivos de um determinado tipo de comportamento, análise holística ou dialética da cultura entendida com participação ativa dos atores sociais, dinâmica e modificadora. Para tanto, foi realizado um estudo detalhado da qualidade de vida dos pescadores, os métodos de pesca mais empregados e de que forma o ecossistema local interage com está prática tão comum.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-10-2012

Como Citar

DIAS, A. C.; BARROS, C. C.; ANDRADE, M.; ANDRADE, M. A. R. Projeto Rondon e relato social: a vida de pescadores na cidade de Primavera/PA. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 7, n. 1 Esp, p. 261, 2012. DOI: 10.47385/cadunifoa.v7.n1 Esp.2077. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2077. Acesso em: 4 out. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>