Avaliação da fibra da palmeira para obtenção de energia sustentável

Autores

  • A. T. Brandão UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • C. C. Barros UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • D. R. Mulinari UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda UERJ - Universidade Estadual da Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.2109

Palavras-chave:

biomassa, energia limpa, teor de umidade

Resumo

A biomassa tem sido usada de forma crescente no mundo como insumo energético. Devido ao crescimento econômico despreocupado com fontes energéticas limpas, há uma tendência mundial para a descarbonização da economia e para a co-geração elétrica com o uso da biomassa. Tendo em vista que esse recurso energético apresenta baixo preço, boa qualidade, renováveis a cada plantio e com um potencial de produção no limite das terras cultiváveis que o planeta oferece. E dentre as diversas biomassas, as fibras provenientes da palmeira real australiana são interessantes, pois é um subproduto da indústria do palmito. A agroindústria brasileira do palmito é responsável pela maior produção mundial de palmito envasado, gerando toneladas de resíduos no meio ambiente. Logo, o objetivo deste projeto foi avaliar o teor de umidade das fibras provenientes da palmeira real australiana, bem como a composição das mesmas, para posteriormente utilizá-la para a produção de briquete. Almejando a melhoria da cultura em relação ao quesito reciclagem de resíduos industriais e certificados de qualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>