Desenvolvimento de um shape sustentável

Autores

  • E. O. Souza UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • D. R. Mulinari UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.2126

Palavras-chave:

fibra de juta, resina epóxi, shape, propriedades mecânicas

Resumo

O shape é a peça do skate feita de madeira, o qual é produzido por sete lâminas de madeira marfim (para shapes nacionais), sendo cinco lâminas no sentido longitudinal da fibra da madeira e duas no sentido transversal da fibra, as quais são coladas com resina epóxi. Segundo o instituto Datafolha, o número de praticantes do esporte skate aumentou 20% do ano de 2006 a 2010, registrando quase quatro milhões de praticantes em todo o Brasil. Com esse aumento de adeptos ao esporte, cresceu também a necessidade de produzir mais peças para atender a crescente demanda. Além disso, o shape que exige uma alta exploração de árvores para sua produção. Desse modo, as empresas passaram a investir na busca de novas técnicas e tecnologias para atividades e a considerar também a variável ambiental em suas estratégias de produção. Portanto, o objetivo deste trabalho foi desenvolver e avaliar as propriedades mecânicas um shape sustentável utilizando compósito polimérico (resina epóxi) reforçado com fibras de sisal e fibras de vidro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-10-2012

Como Citar

SOUZA, E. O.; MULINARI, D. R. Desenvolvimento de um shape sustentável. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 7, n. 1 Esp, p. 309, 2012. DOI: 10.47385/cadunifoa.v7.n1 Esp.2126. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2126. Acesso em: 15 jun. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>