Objeto de funcionalidade lúdica para crianças em internação hospitalar de média e longa duração

Autores

  • C. R. Souza FATEA – Faculdades Integradas Teresa D’Ávila, Lorena, SP
  • J. L. Rosa FATEA – Faculdades Integradas Teresa D’Ávila, Lorena, SP

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.2159

Palavras-chave:

brinquedo hospitalar, design de brinquedo, hospitalização infantil

Resumo

O presente estudo propõe a criação de um artefato interativo hospitalar para crianças internadas em tratamento de média e longa duração. A permanência em um estabelecimento hospitalar durante a infância pode ser algo significativamente traumático na vida da criança, pois se vê privada do convívio social e de sua rotina e passa a viver em um ambiente contrário a tudo o que estava acostumada. Em vista disso e levando em consideração as necessidades e anseios naturais das crianças em entreterem-se e desenvolver a socialização no meio em que estão, surge a hipótese de se criar um objeto que proporcione divertimento, interação, segurança e conforto em meio a esse ambiente no qual precisam estar, através de informações obtidas em pesquisas bibliográficas, estudo de campo no cenário pediátrico e questionário semi-estruturado com profissionais especializados na área infantil, familiares e crianças internadas. Dessa forma faz-se necessário desenvolver um objeto infantil capaz de suprir as necessidades lúdicas de interação durante a permanência no ambiente hospitalar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30