Resposta funcional da comunidade de macroinvertebrados bentônicos de ambientes lóticos à qualidade da água

Autores

  • T. Amaral UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • G. Cardoso UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • R. A. A. Nascimento UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • A. R. Senna UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • R. Figueiró UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.2170

Palavras-chave:

macroinvertebrados, biomonitoramento, qualidade da água

Resumo

Os insetos aquáticos são organismos macroinvertebrados que têm importância entre os invertebrados aquáticos, em consequência a algumas espécies apresentarem potencial bioindicador. Estas espécies, devido à sensibilidade a parâmetros ambientais, tais como a poluição, são muito utilizadas para o biomonitoramento ambiental. Estes organismos geralmente são encontrados em locais de correnteza, interagindo com outros elementos naturais como as plantas. O padrão de distribuição desses insetos aquáticos é resultado de interações e condições físicas, bem como adaptações morfológicas e fisiológicas de cada espécie. Essa distribuição também é determinada por variáveis abióticas que atuam conjuntamente, como PH, correnteza, oxigênio dissolvido na água e temperatura. No presente estudo serão investigadas a composição e estrutura das comunidades de macroinvertebrados bentônicos em córregos no interior e exterior do Parque Nacional do Itatiaia com o objetivo de observar as respostas funcionais das comunidades às condições de qualidade da água, comparando em parâmetros considerados ideais à ruins.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-10-2012

Como Citar

AMARAL, T.; CARDOSO, G.; NASCIMENTO, R. A. A.; SENNA, A. R.; FIGUEIRÓ, R. Resposta funcional da comunidade de macroinvertebrados bentônicos de ambientes lóticos à qualidade da água. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 7, n. 1 Esp, p. 352, 2012. DOI: 10.47385/cadunifoa.v7.n1 Esp.2170. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2170. Acesso em: 12 ago. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2 3 > >>