Web semântica: introdução, conceitos e abordagens

Autores

  • M. G. Carvalho UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • R. L. Gazoni UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.2197

Palavras-chave:

aplicativos web, banco de dados, linguagens de programação, web semântica, W3C

Resumo

O projeto da Internet mais inteligente foi elaborado há mais de dez anos, diversos padrões e modelos foram criados neste intervalo, no entanto sua implementação ainda não é uma realidade efetiva, pois a rede atual é muito diferente da estrutura proposta no projeto e marcar as páginas com as técnicas apresentadas exige esforço e, para muitos sistemas que já estão funcionamento, podem gerar custos inesperados. Além disto, há um alto grau de complexidade nesta tarefa que poderia ser eliminado se ferramentas automatizadas cuidassem da maior parte do trabalho. Neste contexto, o presente trabalho apresenta os conceitos mais importantes desta abordagem e um resumo dos padrões e modelos propostos, por exemplo, pelo W3C, pois para que a Web Semântica se concretize é preciso que os dados sejam acompanhados de descrições baseadas nos padrões e a partir destes códigos, os computadores vão identificar o que cada elemento representa, ou o quão é relevante para uma eventual necessidade. Sendo assim, o foco é mostrar que a Web Semântica tem muito mais a ver com linguagens de programação, aplicativos web e banco de dados, ou seja, é uma tecnologia diretamente ligada à infraestrutura, portanto o que se espera ver, na verdade ocorre no dinamismo com que os desenvolvedores podem enriquecer seus sites e integrar melhor as informações de diferentes páginas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)