Enfermeiros e ensino em saúde: manual para trabalhadores de serviços gerais

Autores

  • V. C. C. Silva UniFOA- Centro Universitário de Volta Redonda
  • F. A. Aguiar UniFOA- Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v7.n1%20Esp.2216

Palavras-chave:

biossegurança, resíduos sólidos, saúde, ensino

Resumo

É conhecido o fato que o ambiente de trabalho pode conter variados riscos, que por sua vez favorecem a ocorrência de problemas de saúde nos trabalhadores, os quais podem acontecer de modo sutil ou explícito, colocando sua vida em perigo, ou provocando-lhes agravos por toda a vida, e quando se trata de um ambiente hospitalar toda atenção é pouco, pois é sabido que é um ambiente altamente contaminado, por isso a adoção de normas de biossegurança é condição fundamental para a segurança dos trabalhadores. Portanto o objetivo desse estudo é desenvolver uma metodologia de manuseio e descarte de resíduos sólidos hospitalares, que se destine a profissionais de serviços gerais, e que contribua na orientação de docentes na divulgação da importância do assunto nas disciplinas de saúde públicas no curso de enfermagem, e em outras áreas afins. A metodologia baseia-se em revisão bibliográfica, embasada em literaturas exploratórias e seletivas relevantes ao tema proposto, contribuindo desta forma para a elaboração de um manual técnico, visando esclarecer e estabelecer os riscos eventuais que estes representam à saúde do ser humano, e consequentemente ao meio ambiente. Ressalta-se a importância da qualidade de vida do trabalhador, e considera-se que o proposto estudo se torna relevante, a partir da premissa que qualquer profissional envolvido e atuante na área hospitalar é uma peça importante para o bom desenvolvimento da instituição e da assistência, e através do ensino podemos mudar toda a concepção da problemática em questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-10-30

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)