Comportamento mecânico de compósitos híbridos

Autores

  • C. C. Barros UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • D. R. Mulinari UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v6.n2%20Esp.2296

Palavras-chave:

compósitos híbridos, propriedades mecânicas, moldagem por compressão

Resumo

O emprego de reforços híbridos em compósitos permite projetar mantas específicas com desempenho mecânico de acordo com a necessidade do produto. A utilização de fibras naturais como reforço em compósitos híbridos é vantajosa, pois elas são biodegradáveis, abundantes, não são tóxicas, apresentam baixa densidade e baixo custo. Foi avaliado no presente estudo o desempenho mecânico dos compósitos de resina de poliéster reforçados com manta de sisal e tecido de vidro visando ás necessidades da indústria automotiva na produção de componentes com menor custo e menor massa específica. Os compósitos foram moldados por compressão à temperatura ambiente e posteriormente curados à 60°C por 48 horas. A moldagem por compressão foi feita sob 1,5 toneladas. Foi avaliado a resistência à flexão e tração dos laminados. E os resultados obtidos indicaram que houve um aumento nas propriedades mecânicas quando comparados aos compósitos processados somente com fibras de vidro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08/17/2018

Como Citar

BARROS, C. C.; MULINARI, D. R. Comportamento mecânico de compósitos híbridos. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 6, n. 2 Esp, p. 53, 2018. DOI: 10.47385/cadunifoa.v6.n2 Esp.2296. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2296. Acesso em: 25 jun. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>