O lúdico como processo integrador e facilitador da terapêutica médica em pediatria

Autores

  • C. A. Ribeiro UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • L. F. S. Silva UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • L. T. S. Costa UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • N. C. P. S. Souza UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • Y. F. Malta UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • L. R. T. Faro UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

DOI:

https://doi.org/10.47385/cadunifoa.v6.n2%20Esp.2357

Palavras-chave:

criança-saúde, aspectos lúdicos, produção bibliográfica

Resumo

O estudo tem como objetivo analisar a produção bibliográfica sobre a relação criança-saúde. O cuidado às necessidades emocionais de crianças em tratamento vem merecendo atenção dos profissionais médicos em nosso país, embora ainda não de modo generalizado. No intuito de compreender os aspectos associados à dor e ao seu tratamento, o trabalho objetiva identificar, na literatura científica, as práticas e condutas que aliviam a dor e o sofrimento em crianças. A possibilidade de brincar sabidamente atenua o sofrimento, especialmente na infância, etapa da vida humana, pelo menos em termos ideais, em que se encontra fortemente vinculadas aos aspectos lúdicos. É através dessa associação que conseguimos pensar no papel do brincar no atendimento e no tratamento de crianças e na busca da inter-relação criança-saúde. A partir dessa análise, pretende-se problematizar as ideias mais recorrentes nas considerações sobre as especificidades da criança no processo saúde-doença. Pretendemos discutir a promoção do brincar num patamar em que o lúdico seja entendido como um espaço e um recurso terapêutico de fundamental importância para a saúde da criança. Para tanto, realizou-se revisão bibliográfica abrangente e não-sistemática em sites científicos e literatura especializada. Identificou-se uma gama de técnicas e práticas empregadas no manejo da dor, voltadas para o seu alívio e enfrentamento. O método consistiu-se numa revisão bibliográfica de artigos acadêmicos em um coorte a partir de 2000, realizada a partir de uma abordagem de pesquisa qualitativa. Faz-se necessário que repensemos os conhecimentos e as práticas, para que caminhemos em direção a inter-relações mais horizontais e menos verticais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08/17/2018

Como Citar

RIBEIRO, C. A.; SILVA, L. F. S.; COSTA, L. T. S.; SOUZA, N. C. P. S.; MALTA, Y. F.; FARO, L. R. T. O lúdico como processo integrador e facilitador da terapêutica médica em pediatria. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 6, n. 2 Esp, p. 110, 2018. DOI: 10.47385/cadunifoa.v6.n2 Esp.2357. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2357. Acesso em: 25 jun. 2022.