Demência Associada Ao HIV – 1 (HAD)

Autores

  • A. G. P. Baylão UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • R. C. C. Freitas UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • M. D. T. Cardoso UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

Palavras-chave:

demência, HIV, SNC, imunológica

Resumo

Este trabalho é o resultado de uma melhor elucidação da demência associada ao HIV (Human Immunodeficiency Virus) quando comparada a outras formas demenciais de etiologias várias, como a Doença de Alzheimer relacionada à formação e acúmulo de placas proteicas de peptídeo β – amilóide ao longo dos axônios neuronais do sistema límbico, sobretudo corpo amigdalóide e giro parahipocampal, alterando a morfofisiologia neuronal. Porém, a demência associada ao HIV em sua forma mais virulenta promovida pelo vírus HIV – 1 está associada ao aumento da atividade imunológica no Sistema Nervoso Central (SNC), sobretudo micróglias e monócitos mononucleares que com elevação de suas atividades fagocíticas liberam no tecido neuronal inúmeras toxinas do grupo das citocinas que lesam o parênquima neuronal ocasionando as manifestações clínicas de cognição e motricidade associadas à demência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

14-08-2018

Como Citar

BAYLÃO, A. G. P.; FREITAS, R. C. C.; CARDOSO, M. D. T. Demência Associada Ao HIV – 1 (HAD). Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 5, n. 1esp, p. 10, 2018. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2384. Acesso em: 29 nov. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>