Perfil antropométrico dos adolescentes escolares no município de Volta Redonda - RJ

Autores

  • R. G. B. O. Nascimento UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • A. P. S. Maia UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • T. M. V. Cordeiro UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda
  • M. L. G. Saron UniFOA – Centro Universitário de Volta Redonda

Palavras-chave:

adolescentes, antropometria, estado nutricional

Resumo

O período da adolescência é marcado por profundas mudanças biopsicossociais quando o adolescente começa a definir sua identidade e a estabelecer um sistema de valores pessoais, mostrando-se especialmente vulnerável aos enormes agravos enfrentados pela maioria das sociedades atuais. Sendo assim, esta pesquisa teve como objetivo avaliar o perfil antropométrico dos adolescentes escolares do município de Volta Redonda-RJ. O estudo foi transversal e controlado, realizado em uma escola particular e uma pública de Volta Redonda-RJ com os adolescentes que preencheram os critérios de inclusão. Foi feito avaliação antropométrica (peso, estatura, perímetro braquial, pregas cutâneas triciptal e subescapular) e calculado o Índice de Massa Corporal (IMC), área muscular e adiposa braquial. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética do UNIFOA. Participaram da pesquisa 269 adolescentes, destes 182 adolescentes de uma escola pública (39,0% masculino e 61% feminino) e 87 adolescentes de uma escola particular (48,3% masculino e 51,7% feminino). Os resultados mostraram que a média de idade dos adolescentes participantes da pesquisa foi de 16,53 (1,19) anos da escola pública e 12,98 (1,25) anos da escola particular. Com relação ao estado nutricional, a maioria dos adolescentes das escolas particular (82,42%) e pública (74,71%) apresenta eutrofia pelo parâmetro de IMC. Porém, os resultados mostram a presença de excesso de peso, sendo essa maior que a magreza. Referente à massa magra, constatou-se a existência de depleção moderada e grave nos adolescentes das escolas particular (40,23%) e pública (19,78%). Quanto à área adiposa braquial, houve uma predominância de eutrofia dos adolescentes tanto das escolas particular (90,80%) como da pública (96,15%). Pode-se concluir que houve predominância da adequação nutricional. Entretanto, existe a presença de excesso de peso e de depleção de massa magra que podem constituir um risco à saúde destes adolescentes na vida adulta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

14-08-2018

Como Citar

NASCIMENTO, R. G. B. O.; MAIA, A. P. S.; CORDEIRO, T. M. V.; SARON, M. L. G. Perfil antropométrico dos adolescentes escolares no município de Volta Redonda - RJ. Cadernos UniFOA, Volta Redonda, v. 5, n. 1esp, p. 123, 2018. Disponível em: https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/2502. Acesso em: 24 jul. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)