Estomatologia na clínica odontológica do UniFOA

Autores

  • A. G. Netto UniFOA- Centro Universitário de Volta Redonda
  • C. N. Franklin UniFOA- Centro Universitário de Volta Redonda
  • T. J. S. I. Lopes UniFOA- Centro Universitário de Volta Redonda
  • M. P. Oliveira UniFOA- Centro Universitário de Volta Redonda
  • S. S. Teixeira UniFOA- Centro Universitário de Volta Redonda
  • S. P. N. Almeida UniFOA- Centro Universitário de Volta Redonda
  • M. R. Braz UniFOA- Centro Universitário de Volta Redonda

Palavras-chave:

estomatologia, câncer bucal, diagnóstico precoce, educação preventiva

Resumo

A Estomatologia na Clínica Odontológica visa proporcionar aos alunos do 5º período do Curso de Odontologia, a oportunidade de executar exames clínicos visando detectar precocemente lesões de maior incidência em tecido mole, bem como lesões precursoras ou malignas suspeitas de câncer, beneficiando a população através de educação preventiva, orientação para tratamento adequado e iniciação científica. Os objetivos incluem (a) alertar e motivar a população para a prevenção das lesões de boca e seus fatores de risco, que originam as lesões malignas, (b) verificar a incidência das alterações da cavidade bucal e (c) diagnosticar precocemente lesões passíveis de malignidade, prevenção e promoção da saúde. A metodologia empregada inclui o exame clínico do paciente, educação preventiva (através do ensino de técnica de escovação, uso do fio dental, utilização do limpador de língua) e distribuição de folders, cartazes e manuais. A pesquisa de campo, previamente aprovada pelo Comitê de Ética institucional, está sendo efetuada através de registro de dados dos pacientes em formulário, após assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Foram examinados 107 pacientes sobre a incidência das alterações da cavidade oral, não apresentando obrigatoriamente caráter de doença, tratando-se tão somente de “desvio de normalidade”. Diagnosticadas cinco alterações: 07 leucoedema, 59 saburra, 14 grânulos de fordyce, 11 língua fissurada e 02 língua geográfica. Dos pacientes atendidos 09 realizaram biópsia com os seguintes diagnósticos: 04 hiperplasia fibrosa, 01 ameloblastoma, 01 papiloma, 01 mancha por metal, 01 hemangioma e 01 líquen plano. Foram detectadas também 01 cisto radicular, 02 varizes sublingual e 02 mordida crônica na mucosa jugal. Nossa perspectiva é aumentar o conhecimento dos pacientes sobre lesões da cavidade oral, visando a Promoção da Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

11/01/2018

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>